«Os nossos avançados não ficam à espera da bola enquanto fumam um cigarrinho»

26 set, 18:43
«O meu nariz ficou melhor depois da cotovelada do Tassotti. É um homem bom e honesto», Luís Enrique, 5 de julho

Palavras de Luis Enrique antes do jogo com Portugal

Depois da derrota frente à Suíça, por 2-1, a defesa da seleção espanhola foi alvo de algumas críticas, nomeadamente na defesa às bolas paradas.

Antes do jogo com Portugal, Luis Enrique defendeu os seus jogadores e disse mesmo que a linha defensiva é a mais forte da equipa.

«A linha mais forte que tenho é a defesa. Aqui não há uma linha que tem de defender, a equipa toda defende, a começar os avançados. A atacar, não atacamos só com os avançados. Os avançados não ficam à espera da bola a fumar um cigarrinho. Mas não tenho dúvida que a linha mais forte que tenho é a defesa», começou por dizer.

«Se trabalhámos as bolas paradas? Não sei o que é mais importante, honestamente, depois de tantos de carreiro. Não penso trabalhar nisso só porque sofremos dois golos assim com a Suíça. Recordo uma vez em que era jogador e um treinador trabalhou muito nisso, insistimos em trabalhar e continuámos a ser um desastre. A minha preocupação agora é recuperar os jogadores para ganhar amanhã», acrescentou.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados