Espanha: Celta, Las Palmas e Maiorca a salvo, Cádiz despromovido

19 mai, 20:17
Celta de Vigo (Lalo R. Villar/AP)

Tarde carregada de nervos e indecisão, sobretudo em Cádiz e Granada

Está confirmada a despromoção do Cádiz. O nulo na receção ao Las Palmas (15.º) consumou o pesadelo do conjunto liderado por Pellegrino.

Obrigados a vencer, os anfitriões até se adiantaram no marcador, aos 36m, mas os festejos foram interrompidos pelo vídeoárbitro. O golo de Javi Hernández não contou, por fora de jogo.

Na etapa complementar, aos 74m, Víctor Chust desfalcou a linha recuada do Cádiz, face ao vermelho direto. Em desespero de causa, o derradeiro apito desfez as esperanças dos anfitriões.

Do outro lado, o Las Palmas respira de alívio, uma vez que garantiu a permanência na La Liga. A turma de Pimienta guarda seis pontos de vantagem sobre o Cádiz.

Na última jornada, o Cádiz visita o já despromovido Almería. Por sua vez, o Las Palmas recebe o Alavés (10.º).

Maiorca resgata ponto decisivo

Como referido, o Almería acompanha Cádiz e Granada na despromoção. Na tarde deste domingo, a turma de Pepe Mel foi incapaz de vencer na visita ao Maiorca (2-2). Entre os anfitriões, Samú Costa foi titular. Por sua vez, o guardião Maximiano foi suplente nos visitantes.

Também implicado nas contas pela salvação, o Maiorca inaugurou o marcador por Larin, aos 29m.

Na resposta, aos 41m, Sergio Arribas repôs a igualdade.

Num encontro sempre dominado pelo Maiorca, a eficácia escasseava. Por isso, aos 66m, Bruno Langa – defesa ex-Desp. Chaves – assinou a reviravolta.

Em desespero, para evitar a eventual aproximação do Cádiz, os anfitriões tiveram em Sergi Darder o herói. Aos 83m, o médio forçou a igualdade, que prevaleceu até final.

Assim, o Maiorca somou 37 pontos, guardando quatro de diferença para o Cádiz. Confirmada a manutenção, segue-se a visita ao Getafe (12.º) na última jornada.

Quanto ao Almería, permanece com a lanterna vermelha. Maximiano e companhia encerrarão a época no reduto do Cádiz.

Celta sofre, mas passa em Granada

A encerrar as contas no fundo da tabela, o Celta de Vigo triunfou na visita ao Granada, por 1-2. Os golos de Larsen e Bamba, aos 61 e 63m, permitiram aos galegos espreitarem a manutenção.

Todavia, houve muitos nervos nos derradeiros minutos. Depois de Bruno Mendez aplicar o 1-2, aos 87m, Antonio Puertas teve no pé a possibilidade de repor a igualdade. Todavia, desperdiçou um penálti. Estavam decorridos 90+7m.

Selada a manutenção – e o segundo triunfo consecutivo – o Celta é 14.º com 40 pontos. O campeonato terminará no reduto do Valência (9.º).

Quanto ao Granada, permanece no 19.º posto. Segue-se a visita ao Girona (3.º).

Relacionados

Patrocinados