Erro tremendo do guarda-redes do Espanhol vale empate ao Valencia

2 out, 16:39
Martin Braithwaite festeja golo no Ath. Bilbao-Espanhol

Álvaro Fernández ofereceu o golo do 2-2 a Eray Comert

O Espanhol desperdiçou uma vitória cantada este domingo sobre o Valencia na sequência de um erro tremendo do guarda-redes Álvaro Fernández em tempo de compensação que permitiu aos visitantes chegar ao empate (2-2) pouco depois da equipa da casa ter virado o resultado. Um jogo intenso que ditou ainda uma expulsão para cada lado na ponta final.

Depois de uma primeira parte sem golos, o Valencia ganhou vantagem no início da segunda parte, na sequência de um canto de Luis Gaya, com Gabriel Paulista a antecipar-se a Vinicius Souza na área. O Espanhol reagiu em força e empatou, três minutos depois, com um golo de Joselu. Já a sete minutos do final, Darder, a passe de Braithwaite, assinou a reviravolta, deixando o Cornellà em êxtase.

Parecia feito, mas ainda aconteceu muita coisa nos instantes finais. Marcos André foi expulso, aos 85, depois de ter atingido a face de Vinicius Souza, e, já em tempo de compensação, Braithwaite também recebeu ordem de expulsão por uma falta a meio-campo.

Foi então que surgiu o tal erro do guarda-redes do Espanhol, um pontapé sem sentido, que deixou Comert solto para o golo do empate.

Álvaro Fernández foi consolado, tanto pelos companheiros, como pelos adversários. Acontece aos melhores.

Com este empate, o Valencia segue no 10.º lugar da classificação da liga espanhola, com dez pontos, enquanto o Espanhol é 16.º, com apenas cinco.

Relacionados

Patrocinados