Espanha vai tornar algumas viagens de comboio grátis a partir de setembro

CNN , Mia Alberti
18 jul, 15:14
Comboio. María José López/Europa Press/AP

Por toda a Espanha, o preço dos transportes públicos já foi reduzido pela metade. Esta é a resposta ao rápido aumento da inflação, bem como dos impostos sobre a energia. Agora, o governo anunciou mais descontos de 100%.

A partir de setembro, os passageiros poderão viajar em vários comboios que pertencem à Renfe, a rede pública de transportes ferroviários, sem pagarem absolutamente nada.

Pedro Sanchez, o primeiro-ministro espanhol, anunciou que os bilhetes de multiviagens para os comboios operados pelos serviços públicos da rede Cercanías, Rodalies e Media Distance – o equivalente a viagens locais e de média distância - serão gratuitos a partir do dia 1 de setembro até ao final do ano.

De acordo com a emissora pública TVE, a medida exclui bilhetes de viagem única, bem como viagens de longa distância. Os bilhetes de multiviagens incluem um mínimo de 10 viagens de ida e volta.

Poupar dinheiro e o meio ambiente

"Esta medida incentiva ao máximo o uso desse tipo de transporte público coletivo. Assim, garante-se a deslocação diária necessária num meio de transporte seguro, confiável, confortável, económico e sustentável, tendo em conta as circunstâncias extraordinárias do aumento constante dos preços da energia, bem como dos combustíveis", disse, num comunicado, o Ministério dos Transportes espanhol.

Este plano, que será implementado na Renfe, foi anunciado logo após o governo espanhol se comprometer com uma redução de 50% nas taxas de transporte para os meios de transporte públicos.

A Espanha não é o único país europeu que tomou medidas, de maneira a reduzir os custos dos transportes públicos.

No mês passado, a Alemanha lançou um bilhete mensal ilimitado para os transportes públicos a 9 euros (9,50 dólares). Este pode ser usado nos transportes locais e regionais em todo o país. O acordo, que faz parte de um pacote de ajuda energética do governo, está previsto entrar em vigor até ao final de agosto.

No final de 2021, a Áustria lançou um “bilhete climático” com um enorme desconto. Este é válido em todos os meios de transporte públicos do país. Tudo isto visa incentivar as pessoas a deixarem os seus carros em casa.

Anualmente, o bilhete “Klimaticket” custa 1 095 euros (1 267 dólares). Isso dá cerca 3,50 dólares por dia.

Europa

Mais Europa

Patrocinados