Humza Yousaf vai ser o novo primeiro-ministro da Escócia

27 mar 2023, 14:15
Humza Yousaf (AP)

Novo líder do Partido Nacional Escocês diz sentir-se "o homem mais sortudo do mundo" e já estabeleceu um objetivo: a independência do país

Humza Yousaf vai ser o novo primeiro-ministro da Escócia, após vencer as eleições para a liderança do Partido Nacional da Escócia (SNP).

Na segunda volta, Yousaf obteve 26.032 votos contra os 23.890 de Kate Forbes, e deverá ser confirmado como o sucessor de Nicola Sturgeon, que se demitiu de forma surpreendente no mês passado, após uma votação no parlamento escocês, que vai decorrer esta terça-feira.

No discurso de vitória, Yousaf disse sentir-se "o homem mais sortudo do mundo". "É difícil encontrar palavras para descrever o quão honrado estou por ser o próximo líder do SNP - e por estar à beira de ser o próximo primeiro ministro do nosso país", afirmou, citado pela Sky News. "Servir o meu país como primeiro-ministro será o maior privilégio e honra da minha vida, caso o parlamento decida eleger-me amanhã como o próximo primeiro-ministro da Escócia".

O novo líder do SNP prometeu aos escoceses tratá-los com "respeito" e garantiu que não vai fazer "promessas vazias", nem dizer "soundbites fáceis" quando os problemas que enfrentam são "difíceis e complexos".

"A minha prioridade imediata será continuar a proteger todos os escoceses, tanto quanto possível, dos danos causados pela crise do aumento do custo de vida, recuperar e reformar o nosso SNS e outros serviços públicos vitais, apoiar a nossa economia de bem-estar e melhorar as oportunidades de vida das pessoas no país", disse Yousaf, que garantiu estar "determinado" em conquistar a independência para a Escócia.

"Durante as últimas cinco semanas, podemos ter sido concorrentes ou apoiantes de diferentes candidatos, mas, a partir de hoje, somos uma equipa, e seremos a equipa, seremos a geração que dará a independência à Escócia", prometeu.

Filho de pai paquistanês e mãe queniana de origens asiáticas, Yousaf nasceu em Glasgow em 1985, e ingressou no SNP com 20 anos de idade. Foi eleito para o parlamento escocês pela primeira vez em 2011 e já ocupou vários cargos no governo do país, como o de ministro dos Transportes e secretário de Estado da Justiça. Atualmente, ocupa a função de secretário de Estado da Saúde e Serviços Sociais.

 

Europa

Mais Europa

Mais Lidas

Patrocinados