Polícia encontra uma tonelada de cocaína em aeroporto do Equador

Agência Lusa , BCE
29 mai, 08:50
Cocaina

A droga, que se destinava a ser enviada para o México, teria um valor de mercado de cerca de 1,8 milhões de euros

A polícia do Equador descobriu uma tonelada de cocaína escondida em ração para gado no aeroporto da capital, Quito, tendo depois encontrado num armazém 55 toneladas de cloreto de cálcio, substância usada para produzir cocaína.

Segundo o jornal ‘El Universo’, o diretor geral de investigações da Polícia equatoriana, Alaín Luna, disse no sábado que esta foi a maior apreensão de substâncias químicas jamais realizada no Equador.

Por volta das 18:30 de sexta-feira (00:30 de sábado em Lisboa), dois cães treinados detetaram drogas escondidas em ração para gado na área de carga do Aeroporto Internacional Mariscal Sucre, em Quito.

A droga, que se destinava a ser enviada para o México, teria um valor de mercado de cerca de 1,8 milhões de euros.

Luna acrescentou que, com a quantidade de cloreto de cálcio apreendida, as “máfias do narcotráfico” poderiam produzir cerca de 150 toneladas de cocaína para depois vender nos mercados internacionais.

As 55 toneladas de cloreto de cálcio tinham sido importadas da China e deveriam seguir para a Colômbia, avançou o jornal 'El Diario'.

Desde o início de 2022, a polícia equatoriana apreendeu mais de 90 toneladas de drogas, número já superior ao registado durante 2021, ano em que 57 toneladas de drogas foram apreendidas em todo o país.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados