Alemanha
45'
1 - 0
Hungria

Enzo Fernández não perdeu nenhum dos últimos 30 jogos como titular

29 dez 2022, 16:19
7) Enzo Fernández (Benfica): €20M

Jovem argentino despediu-se do River Plate com um empate, somou 24 jogos no Benfica sem derrotas e acumulou mais cinco no histórico Mundial no Qatar

Enzo Fernández teve um ano de 2022 inesquecível, com a ascensão no River Plate, a transferência para o Benfica, a convocatória para o Mundial 2022 e o histórico triunfo sobre a França, com o prémio de melhor jovem jogador da competição que decorreu no Qatar como a cereja no topo do bolo. Mas há mais um dado estatístico assombroso na carreira do jovem de 21 anos que, agora, é cobiçado por meia Europa. Enzo não perde um jogo como titular há 30 jogos, juntando o último jogo que fez pelo River Plate, a todos os que fez pelo Benfica e ainda todos em que foi titular pela Argentina no Qatar.

Sempre que entrou de início nos últimos trinta jogos, nos últimos seis meses, Enzo Fernández nunca perdeu. A última derrota num jogo em que Enzo Fernández foi titular foi a 30 de junho de 2022, numa altura em que já tinha acertado a transferência para o Benfica. Foi no jogo da primeira mão dos oitavos de final da Taça Libertadores, diante do Veléz Sarsfield (0-1). Depois disso, o River Plate empatou o jogo da segunda mão com o Vélez (0-0), em casa, e Enzo nunca mais perdeu um jogo que tenha começado de início.

Desde que chegou ao Benfica, Enzo Fernández foi titular em todos os jogos até ao início do Campeonato do Mundo, numa série de 24 jogos em que somou 21 vitórias e três empates. Venceu os quatro jogos da fase preliminar da Liga dos Campeões, depois somou mais quatro triunfos na fase de grupos da liga milionária, aos quais soma ainda doze vitórias na Liga portuguesa e outras duas na Taça de Portugal. Quanto aos três empates, dois foram em grandes jogos com o Paris Saint-Germain, ambos por 1-1, enquanto o terceiro foi na liga portuguesa, com o V. Guimarães (0-0).

O craque argentino encaixou que nem uma luva na equipa construída por Roger Schmidt que está a protagonizar um arranque de temporada histórico, ultrapassando já as melhores séries de Jorge Jesus e de Sven Goran-Eriksson, aproximando-se a passos largos da melhor sequência de jogos sem derrotas que pertence a Béla Guttman (31 jogos sem derrotas em 1959/60).

Já na fase final do Mundial 2022, Enzo Fernández participou nos sete jogos que a Argentina realizou, mas só foi titular nos últimos cinco, depois de ter começado os jogos com a Arábia Saudita (1-2) e México (2-0) no banco. No jogo com os mexicanos, Enzo saltou do banco e marcou um grande golo, levando Lionel Scaloni a incluí-lo no onze titular no jogo seguinte, frente à Polónia, em que fez uma assistência para Julián Álvarez fazer o segundo golo. A partir daí foi sempre titular até à final com a França.

Foi precisamente na final do Campeonato do Mundo que Enzo Fernández chegou ao número redondo dos 30 jogos como titular sem derrotas.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados