Ensino Superior: os 10 cursos com a média mais alta e os 10 com a mais baixa

10 set, 23:59
Instituto Superior Técnico

Se no topomos cursos com média mais alta são praticamente os mesmos, no fundo da tabela há maior diversidade. Outro aspeto a considerar: as médias mais altas encontram-se em Lisboa e no Porto, as mais baixas no interior do país

O curso de Medicina do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto tem a média mais alta de todos no concurso de acesso ao Ensino Superior. O último aluno dos 155 colocados neste curso tem uma média de 18,9 valores.

Na lista dos cursos com maiores médias estão os cursos de Medicina, quatro engenharias, Matemática Aplicada e Computação e Arquitetura.

Destaque para o Instituto Superior Técnico, em Lisboa, que tem três cursos entre aqueles com média mais alta de acesso. Dois deles no ‘top 3’: Engenharia Aeroespacial (18,85) e Engenharia Física e Tecnológica (18,78). Junta-se depois Matemática Aplicada e Computação, na sexta posição, com 18,7 valores.

A Universidade do Porto – através do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, da Faculdade de Engenharia e da Faculdade de Medicina – alcança quatro posições entre os 10 cursos com a média mais alta.

Por fim, a Universidade do Minho, com dois cursos: Engenharia Aeroespacial (18,62) e Medicina (18,58).

Nestes cursos, não sobraram quaisquer vagas para a segunda fase. Assim, para que alguém possa ingressar nestas licenciaturas na segunda fase de candidaturas, terá de haver desistências por parte daqueles que foram agora aqui colocados.

Esta é a lista completa dos 10 cursos com a média mais alta:

  1. Universidade do Porto – Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar: Medicina (18,9)
  2. Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico: Engenharia Aeroespacial (18,85)
  3. Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico: Engenharia Física e Tecnológica (18,78)
  4. Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia: Engenharia e Gestão Industrial (18,73)
  5. Universidade do Porto – Faculdade de Medicina: Medicina (18,72)
  6. Universidade de Lisboa – Instituto Superior Técnico: Matemática Aplicada e Computação (18,70)
  7. Universidade do Porto – Faculdade de Engenharia: Bioengenharia (18,65)
  8. Universidade do Minho: Engenharia Aeroespacial (18,62)
  9. Universidade do Minho: Medicina (18,58)
  10. Universidade do Porto – Faculdade de Arquitetura: Arquitetura (18,55)

E no fundo da tabela?

Universidade da Madeira, Instituto Politécnico de Bragança e Instituto Politécnico de Portalegre. É nestas instituições do Ensino Superior que se encontram as médias mais baixas de entrada neste novo ano letivo. Os últimos colocados partilham uma nota de 9,5 valores.

Na lista dos 10 cursos com média mais baixa contam-se sobretudo organizações situadas no interior do país. Destaque para o Instituto Politécnico de Bragança, com quatro cursos nesta lista. Gestão é o curso que mais se repete no fundo da listagem.

Cinco das licenciaturas têm, no seu último colocado, uma média inferior a 10 valores. No curso de Gestão e Administração Pública da Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo de Mirandela do Instituto Politécnico de Bragança sobraram 48 das 70 vagas abertas.

Já no curso de Engenharia Informática da Escola Superior de Tecnologia e de Gestão de Bragança, da mesma instituição, sobraram 52 das 100 vagas disponíveis.

Esta é a lista completa dos 10 cursos com a média mais baixa:

  1. Universidade da Madeira – Faculdade de Artes e Humanidades: Artes Visuais (9,5)
  2. Instituto Politécnico de Bragança – Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo de Mirandela: Gestão e Administração Pública (9,5)
  3. Instituto Politécnico de Portalegre – Escola Superior Agrária de Elvas: Equinicultura (9,5)
  4. Instituto Politécnico de Bragança – Escola Superior de Comunicação, Administração e Turismo de Mirandela: Design de Jogos Digitais (9,83)
  5. Instituto Politécnico de Bragança – Escola Superior de Educação de Bragança: Educação Social (9,9)
  6. Instituto Politécnico da Guarda - Escola Superior de Tecnologia e Gestão: Gestão (10)
  7. Instituto Politécnico de Viana do Castelo - Escola Superior de Tecnologia e Gestão: Gestão – regime noturno (10,11)
  8. Instituto Politécnico de Castelo Branco - Escola Superior de Educação de Castelo Branco: Secretariado (10,2)
  9. Instituto Politécnico de Viseu - Escola Superior de Educação de Viseu: Artes da Performance Cultural (10,35)
  10. Instituto Politécnico de Bragança - Escola Superior de Tecnologia e de Gestão de Bragança:Engenharia Informática (10,39)

Educação

Mais Educação

Patrocinados