"O teletrabalho já não é aceitável" e "é fingir que trabalham", diz Elon Musk

CNN Portugal , MJC
1 jun, 12:26

O patrão da Tesla quer toda a gente no escritório e aconselha aqueles que querem permanecer em trabalho a remoto a procurarem outro emprego

"O teletrabalho já não é aceitável", diz Elon Musk, diretor da Tesla. O homem mais rico do mundo terá enviado um mail à equipa executiva da fábrica de carros elétricos com indicações para que "qualquer pessoa que deseje fazer trabalho remoto deve estar no escritório por um mínimo (e quero dizer *mínimo*) de 40 horas por semana ou deixar a Tesla. Isso é menos do que pedimos aos trabalhadores da fábrica.”

No mail, Musk especifica que o escritório "deve ser um escritório principal da Tesla, não uma sucursal remota sem relação com as funções, por exemplo, ser responsável pelas relações humanas da fábrica de Fremont, mas ter o seu escritório num outro estado".

O mail foi divulgado no Twitter. Musk não confirmou que a mensagem era verdadeira, mas também não desmentiu. E quando lhe perguntaram: "o que diria às pessoas que pensam que ir para o trabalho é um conceito antiquado?", Musk respondeu: "Deveriam fingir que trabalham noutro lugar" - reafirmando assim a sua posição em relação ao teletrabalho.

Elon Musk é conhecido como um patrão muito rígido, que instala câmaras de segurança para controlar os funcionários da Space Exploration Technologies Corp. e não admite filas na máquina do café, uma vez que prejudicam a produtividade. 

Segundo Keith Rabois, um empresário de Sillicon Valey que conhece bem Elon Musk, os funcionários do Twitter terão de se preparar para "acordar", quando ele assumir os comandos da empresa:

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados