Sondagem CNN/TVI: distância entre PS e PSD está agora mais pequena

17 dez 2021, 20:23

Resultados do inquérito colocam o Chega na terceira posição. Se as eleições fossem hoje, CDU e Iniciativa Liberal ficariam empatados no quarto lugar

PUB

Se as eleições se realizassem agora, o PS venceria as legislativas. É o que diz a mais recente sondagem da Pitagórica para a CNN Portugal e TVI. No entanto, a vantagem sobre o PSD está a ficar mais pequena.

De acordo com os dados, com distribuição de indecisos, o partido de António Costa arrecadaria 37% dos votos, e os sociais-democratas 31,7%. A diferença entre os dois partidos atinge os níveis mais baixos desde dezembro de 2020, tendo mesmo caído 10,9 pontos percentuais face à sondagem realizada em setembro deste ano.

PUB

O Chega, cujo líder André Ventura tem como objetivo declarado tornar o partido na terceira força política em Portugal, alcançaria esse posto, com 6,3% dos votos, uma descida de 0,8 pontos percentuais face ao inquérito anterior.

Em subida e empatados no quarto lugar estão a CDU e a Iniciativa Liberal, com 5,9% das intenções de voto. Os liberais são mesmo o partido que mais ganha, com um aumento de 1,7 pontos percentuais.

A perder meio ponto e no sexto lugar vem o Bloco de Esquerda, no qual apenas 4,9% dos inquiridos votariam se as legislativas fossem agora. Na sétima posição está o PAN, que reúne 3% das intenções de voto.

PUB
PUB
PUB

O último partido discriminado na sondagem é o CDS-PP de Francisco Rodrigues dos Santos, apenas preferido por 1% dos inquiridos.

Ventura e Rodrigues dos Santos os menos populares, Costa segue na frente

85% dos questionados afirmam que jamais votariam no líder do Chega, face a somente 4% que o fariam com toda a certeza. Rodrigues dos Santos aparece pouco mais acima na tabela dos menos amados, com 83% a rejeitar totalmente a ideia de votar no centrista, contra apenas 76% de Nuno Melo, o grande opositor do atual líder do CDS-PP.

No extremo oposto estão António Costa e Rui Rio. 28% têm a certeza de que votariam no atual primeiro-ministro, número que sobe para 59% se a ele se somarem os potenciais votantes. O presidente do PSD segue pouco atrás no potencial de voto, com 56%, mas está a 10 pontos percentuais do líder do Executivo na firmeza do voto.

Quase metade dos eleitores de CDU e BE querem reeleição de Costa

Quanto à questão “O primeiro-ministro António Costa deve ser reeleito ou substituído?”, as opiniões dividem-se. 46% das respostas são a favor da continuação do líder do PS no cargo, face aos 45% que se opõem à recondução.

PUB
PUB
PUB

Na distribuição por partidos, o destaque vai para os eleitores da CDU e do Bloco de Esquerda, os dois parceiros da Geringonça que chumbaram o Orçamento do Estado para 2022. 43% dos que declaram intenção de votar na coligação entre comunistas e verdes querem que António Costa continue a ser primeiro-ministro, número que desce ligeiramente para 40% em relação aos potenciais votantes no partido de Catarina Martins.

Esta sondagem foi realizada pela Pitagórica para a CNN Portugal e TVI, com o trabalho de campo a ter decorrido entre os dias 7 e 12 de dezembro de 2021. A amostra é de 625 inquéritos, o que permite uma margem de erro máxima de cerca de 4%, sendo o nível de confiança de 95,5%.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados