Do Jacaré de Tanga ao Paulo Bosta: os candidatos às eleições do Brasil com os nomes mais bizarros

26 set, 08:00

Um camionista, um varredor de rua e um taxista: todos tentam captar a atenção dos eleitores com nomes caricatos

As eleições no Brasil têm lugar este fim de semana, no dia 2 de outubro. Jair Bolsonaro irá tentar continuar no cargo de presidente, enquanto Lula da Silva tentará tirar o lugar ao político de extrema-direita e avançar para um terceiro mandato enquanto chefe de Estado.

Mas não é só o próximo presidente que os brasileiroes vão escolher este domingo. Paralelamente, decorrem também as eleições para deputado federal e estadual. E, nestes sufrágios, os eleitores vão ter de escolher entre alguns candidatos e nomes, no mínimo, estranhos. A CNN Portugal fez uma seleção desses candidatos. Votaria em algum?

Paulo Bosta, “o empresário de merda”

A lista começa com um cheiro forte. Paulo Bosta autointitula-se como “o empresário de merda” e tem uma boa razão para isso: desde 2009 que trabalha no negócio da venda de fezes de animais. Com 54 anos e sob o lema “bosta por bosta, vote no Paulo Bosta”, vai tentar ser eleito deputado pelo estado de São Paulo.

O empresário teve, contudo, dificuldades para registar o nome. O nome tinha sido inicialmente rejeitado por ser considerado degradante, mas os juízes do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo decidiram, numa votação de quatro contra três, aprovar o uso da palavra bosta no seu registo, argumentando que a utilização de outro nome prejudicaria a sua campanha, dado o candidato atuar no ramo da venda de fezes.

Policial Skatista

De nome verdadeiro Edson Munis, o candidato de 39 anos Policial Skatista pretende corresponder às necessidades dos mais jovens e promover o desporto, a saúde e a educação.

O nome tem uma razão de ser, uma vez que Munis é polícia do 53.º Batalhão da Polícia Militar do Interior e, segundo o seu site oficial, anda de skate desde os 13 anos.

Com uma imagem irreverente e jovem, o candidato ambiciona ser um sucesso entre os eleitores mais novos.

Fátima do Churrasquinho

Há poucas informações disponíveis sobre esta candidata pelo estado de São Paulo na internet, mas, se fizer jus ao nome, podemos esperar banquetes com fartura na assembleia estadual.

Fátima do Churrasquinho concorre pelo Partido da Mulher Brasileira, ironicamente conhecido pela sua posição antifeminista.

Tatica Negâo Transporte

Este taxista de 56 anos é candidato pelo partido nacionalista Patriota.

As informações sobre Edmilson Alves da Silva são escassas, não tendo presença nas redes sociais. Parece que gastou todos os trunfos a escolher o nome.

Arlequina Cosplay

O nome não podia ser mais explícito: esta candidata veste-se como Harley Quinn, personagem de banda desenhada da DC Comics.

À semelhança de Fátima do Churrasquinho, é também candidata pelo Partido da Mulher Brasileira, mas para um lugar de deputada federal. As suas principais bandeiras são a redução dos impostos sobre as bebidas alcoólicas, a castração química para pedófilos e a atribuição de mais incentivos financeiros a eventos de cosplay e gamers. Eclética.

Chorão Caminhoneiro

Camionista de profissão, este candidato a deputado federal centra a sua campanha em torno do preço dos combustíveis e das portagens e dos salários dos motoristas, ou não fosse ele presidente da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (ABRAVA).

Protagonista da greve da classe em 2018, Chorão, de nome verdadeiro Wallace Landim, fez campanha por Bolsonaro nesse ano, mas tem-se mostrado desagradado com algumas escolhas do presidente e diz mesmo que se arrepende do apoio que deu na altura.

Nestor do Algodão Doce

Um candidato cujo nome também é bastante explícito: Nestor é vendedor de algodão-doce na cidade de Osasco há cerca de 40 anos.

O candidato pelo Partido Republicano da Ordem Social já começa a ser experiente nestas andanças, tendo-se candidatado anteriormente às eleições municipais de 2020. Se as crianças votassem, iria certamente reunir bastantes votos.

Wolverine do Tick Tok

Foi uma das sensações das eleições de 2018, e volta este ano com toda a garra para conseguir um lugar de deputado na Assembleia Estadual de, adivinhou, São Paulo.

Sempre vestido a rigor e com um penteado que evoca a personagem da Marvel, interpretada por Hugh Jackman no grande ecrã, o Wolverine do Tick Tok é um fervoroso apoiante de Bolsonaro, promovendo várias vezes o atual presidente nas redes sociais.

Dika Xique Xique

Este candidato pelo Partido Liberal, de extrema-direita, adotou o nome da sua terra natal, no estado da Bahia. Atualmente é vereador na cidade de Jundiaí, em São Paulo, onde vai tentar chegar ao lugar de deputado estadual.

Dika Xique Xique afirma que alguma das suas melhores características são o facto de ser cristão, forrozeiro e ter sobrevivido a um grave acidente de mota.

Bin Laden Gari

O terrorista saudita pode ter sido morto em 2011, mas o seu espírito está bem vivo neste candidato a deputado estadual de 58 anos, que é também varredor de rua (é esse o significado do termo gari).

Em 2014, Manoel dos Santos Silva Irmão afirmou à Folha de São Paulo que escolheu o nome “para aparecer”. E parece que acertou. As longas barbas do membro da coligação AGIR, de centro-direita, irão estar novamente em destaque.

Jacaré de Tanga

Para desilusão de muitos, este candidato não é um jacaré. No sentido inverso, felizmente, não usa tanga.

Apoiante declarado de Bolsonaro, este candidato a deputado federal é extremamente popular nas redes sociais, somando 145 mil seguidores no Instagram e mais de um milhão de subscritores no Youtube.

Dário

Não é pelo nome, mas, veja este jingle do candidato pró-legalização da marijuana e apoiante de Lula da Silva.

Dário vai tentar ser eleito deputado federal por Minas Gerais. A agenda para a liberalização das drogas leves promete.

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados