FC Porto: Zubizarreta e Jorge Costa apresentados por Villas-Boas para o futebol

18 abr, 19:14
André Villas-Boas e Zubizarreta (Ricardo Jorge Castro/MF)

Ex-futebolista e diretor do Barcelona confirmado como diretor desportivo na equipa do candidato à presidência dos dragões. Jorge Costa é o proposto para diretor de futebol e equipas profissionais

O espanhol Andoni Zubizarreta foi apresentado, esta quinta-feira, como o diretor desportivo de André Villas-Boas, candidato à presidência do FC Porto para as eleições agendadas para 27 de abril.

Jorge Costa, antigo central dos dragões e atual treinador do AVS, na II Liga, foi apresentado como o diretor de futebol e equipas profissionais no projeto de Villas-Boas.

«Para mim, André já explicou antes, o futebol é uma paixão. É o que aprendi no meu clube, o Athletic Bilbao, o meu clube desde pequeno. A partir de agora será o FC Porto. A paixão pelo jogo, pela cidade, por um objetivo, por ganhar, também o perder pontos - perdemos alguns juntos e há que saber chorar e sofrer juntos também - pela ilusão de estar num autentico clube de futebol. E é uma enorme possibilidade», disse Zubizarreta, sobre os motivos que o fizeram aceitar o desafio proposto por Villas-Boas.

O espanhol de 62 anos tem um longo – e histórico – percurso dedicado ao futebol. Depois de ter feito carreira como guarda-redes nas décadas de 80 e 90, no Alavés, Athletic Bilbao, Barcelona e Valência, Zubizarreta foi diretor desportivo no Athletic Bilbao (2001-2004), Barcelona (2010-2015) e Marselha (2016-2020). Foi precisamente no Marselha que Zubizarreta trabalhou com André Villas-Boas, na época 2019/2020, quando o português de 46 anos assumiu o cargo de treinador do clube francês.

Já Jorge Costa, visivelmente emocionado com este reencontro com o FC Porto, falou do que pode vir a ser a sua missão e garantiu que quer «servir o FC Porto». «Fazer a ponte entre sub-19, equipa B e equipa principal. Mas, acima de tudo, isto sempre em sintonia com o presidente, diretor desportivo e restantes departamentos. E cima de tudo eu tenho uma missão e a minha missão é servir o FC Porto. Não é servir-me do FC Porto», disse Jorge Costa.

(em atualização)

Patrocinados