Cerca de 10,8 milhões de portugueses vão poder votar nas eleições Europeias

Agência Lusa , AM
28 mai, 11:47
Eleições (Lusa/ Eduardo Costa)

Sufrágio acontece no dia 9 de junho

Cerca de 10,8 milhões de portugueses vão poder votar para eleger os deputados portugueses no Parlamento Europeu nas próximas eleições europeias, de acordo com dados divulgados pelo Ministério da Administração Interna (MAI).

Segundo o MAI, em resposta à Agência Lusa, estão inscritos nos cadernos eleitorais para as próximas eleições europeias, agendadas para 9 de junho, um total de 10.819.317 cidadãos nacionais e 11.255 cidadãos estrangeiros, que perfazem um total de 10.830.572 de eleitores inscritos.

No estrangeiro estão inscritos cerca de 1.5 milhões de eleitores portugueses, dos quais pouco mais de 900 mil vão votar dentro da Europa e 643 mil estão inscritos fora do continente europeu.

Até às 12:00 de segunda-feira, um total de 97.386 eleitores inscreveram-se para exerceram antecipadamente o seu direito de voto no dia 02 de junho, disse à agência Lusa fonte do Ministério da Administração Interna (MAI).

Segundo o MAI, o voto antecipado em mobilidade, no domingo 2 de junho, é permitido a todos eleitores recenseados no território nacional, numa mesa de voto à sua escolha e a inscrição pode ser feita até quinta-feira, dia 30.

Portugal registou, nas europeias de 2019, a pior taxa de abstenção (68,6%) desde que pertence à União Europeia, em contraciclo com a participação na Europa - cerca de 50%.

Para tentar inverter essa tendência - além do voto antecipado de doentes, presos e no estrangeiro, ou do voto em mobilidade, no domingo anterior (02 de junho) - este ano há uma nova modalidade, só possível por existirem “cadernos eleitorais desmaterializados”.

Cerca de 373 milhões de eleitores europeus são chamados a votar para o Parlamento Europeu entre 06 e 09 de junho. Em Portugal, a votação é no dia 09.

Serão escolhidos 720 eurodeputados, 21 dos quais portugueses.

Concorrem às eleições um total de 17 partidos e coligações: a AD, PS, Chega, IL, BE, CDU, Livre, PAN, ADN, MAS, Ergue-te, Nova Direita, Volt Portugal, RIR, Nós Cidadãos, MPT e PTP.

Relacionados

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados