Economia da zona euro cresce 0,4% no primeiro trimestre

Agência Lusa , AM
15 mai, 10:10
Portugal e União Europeia (AP Photo)

A Irlanda (-4,9%), a Estónia (-2,1%) e a Áustria (-1,3%) apresentaram os maiores recuos nas suas economias

O crescimento da economia da zona euro acelerou para os 0,4% homólogos e os 0,3% em cadeia, no primeiro trimestre do ano, ao mesmo ritmo do da União Europeia (UE), divulgou o Eurostat.

No quarto trimestre de 2023, o Produto Interno Bruto (PIB) da zona euro teve um crescimento homólogo de 0,1% na zona euro e 0,2% na UE e apresentou um recuo em cadeia de 0,1% na área do euro, mantendo-se estável no conjunto dos 27 Estados-membros.

Entre os Estados-membros para os quais há dados disponíveis, os maiores crescimentos económicos homólogos registaram-se em Chipre (3,3%), na Lituânia (2,9%) e na Eslováquia (2,7%), com a Espanha a ocupar o quarto lugar (2,4%).

A Irlanda (-4,9%), a Estónia (-2,1%) e a Áustria (-1,3%) apresentaram os maiores recuos nas suas economias, face ao primeiro trimestre de 2023.

Na comparação com o último trimestre de 2023, Chipre (1,2%), a Irlanda (1,1%), a Hungria, a Letónia e a Lituânia (0,8% cada) registaram as maiores subidas do PIB e, no extremo oposto, a Estónia (-0,4%) e a Suécia (-0,1%) as únicas quebras.

Em Portugal, o crescimento do PIB abrandou 0,7 pontos percentuais para os 1,4% na variação homóloga e manteve-se estável no 0,7% em cadeia.

A taxa de emprego, que o serviço estatístico da UE inclui neste boletim, subiu 1,0% na área do euro e 0,7% no conjunto dos 27 Estados-membros na comparação homóloga e, respetivamente, 0,3% e 0,2% face ao trimestre anterior.

Economia

Mais Economia

Patrocinados