"A repetir aquilo que se fez, dificilmente vamos ter resultados diferentes". PSD reage ao programa do Governo

1 abr, 16:44

O PSD considera ainda que o Governo até foi capaz de responder à crise gerada pela pandemia, mas acabou por mostrar-se incapaz de “procurar preparar o país para o futuro”

Duarte Pacheco do PSD reagiu esta sexta-feira à apresentação do programa do Governo, feita pela ministra Mariana Vieira da Silva, sublinhando que o país dificilmente terá resultados diferentes a repetir aquilo que tem vindo a ser feito até agora.

“A repetir aquilo que se fez, dificilmente vamos ter resultados diferentes. Ao longo dos anos, o país não se aproximou da média europeia, pelo contrário, foi ultrapassado pelos países de leste e estamos mais perto da cauda da União Europeia”, começou por apontar o deputado social-democrata.

O PSD acrescenta ainda que o Governo até foi capaz de responder à crise gerada pela pandemia, mas acabou por mostrar-se incapaz de “procurar preparar o país para o futuro”, degradando os serviços públicos “até ao limite”.

O deputado do PSD reparou que ainda era cedo para fazer uma análise profunda ao programa do governo, uma vez que o documento acabou de ser entregue, pelo que não é possível compreender o impacto das medidas em termos orçamentais. No entanto, sublinha que o país continua “sem espírito reformista para resolver os problemas estruturais do país”

“Continuamos sem espírito reformista para resolver os problemas estruturais do país e permitindo que se aproxime mais dos países de leste, aproximando-se do pelotão da frente e não da cauda da Europa”, explicou.

Duarte Pacheco insistiu ainda na diferença que existe entre as visões do PS e do PSD em relação à economia.

“A perspetiva de se poder resolver os problemas da nossa economia com apoios às empresas, em vez de ser o Estado a mola do desenvolvimento. Aqui há uma divergência de fundo. O governo continua a acreditar que é o Estado que tem de promover o desenvolvimento e nós acreditamos que é o setor privado o motor do desenvolvimento”, destacou.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados