Veleiro avaria em Vilamoura e Polícia Marítima apreende 108 quilos de haxixe na vistoria

Agência Lusa , FCT
17 mai, 11:58

O caso ocorreu na segunda-feira. Depois do veleiro avariar, a Polícia Marítima procedeu a uma vistoria por segurança e detetou 215 pacotes. Os dois tripulantes foram detidos

Polícia Marítima deteve na segunda-feira dois homens e apreendeu um total de 108 quilogramas de haxixe no interior de um veleiro em Vilamoura, em Loulé, no distrito de Faro, foi anunciado, esta terça-feira.

A droga, acondicionada em 215 pacotes, foi detetada durante uma vistoria de segurança feita pelas autoridades policiais ao veleiro, depois de a embarcação ter sido rebocada pela polícia para o porto de Vilamoura devido a uma avaria na propulsão, indicou a Autoridade Marítima Nacional (AMN) em comunicado.

De acordo com a AMN, o veleiro, com dois tripulantes a bordo, que se encontrava fundeado ao largo de Vilamoura, foi detetado pelas 13:20 de segunda-feira, durante uma operação de fiscalização no mar efetuada pela Polícia Marítima de Portimão.

Devido à avaria que apresentava na propulsão e “por questões de segurança para a navegação”, aquela polícia procedeu ao reboque do veleiro até ao porto de Vilamoura, prossegue a nota.

Nesse local, a Polícia Marítima realizou uma vistoria “para garantir a segurança e prevenir um eventual afundamento do mesmo”, durante a qual detetou “um total de cerca de 108 quilogramas de haxixe no interior da embarcação”.

Os 215 pacotes de droga foram apreendidos e entregues à Polícia Judiciária, tendo os dois tripulantes do veleiro sido detidos por suspeita de tráfico de estupefacientes, conclui a nota.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados