Encontrados restos mortais de jornalista britânico e ativista brasileiro na Amazónia

16 jun, 00:11
Bruno Araújo Pereira e Dom Philips

Informação foi avançada pelo polícia brasileira

A Polícia Federal brasileira confirmou esta quinta-feira a descoberta dos corpos do jornalista britânico Dom Philips e do ativista e especialista em assuntos indígenas Bruno Pereira durante as buscas na Amazónia.

Horas antes, o ministro da Justiça do Brasil, Anderson Torres, tinha avançado a descoberta de restos mortais durante as buscas pelos dois homens.

"Acabo de ser informado pela Polícia Federal que 'remanescentes humanos foram encontrados no local, onde estavam sendo feitas as escavações'. Eles serão submetidos à perícia. Ainda hoje, os responsáveis pelas investigações farão uma entrevista coletiva em Manaus", escreveu o governante no Twitter.

Na quarta-feira, os suspeitos detidos pelas autoridades confessarem ter matado e desmembrado os corpos dos dois homens.

Recorde-se que Dom Philips, jornalista que colaborava para o "The Guardian", "Washington Post", "New York Times" e "Financial Times", e Bruno Araújo Pereira, funcionário da Fundação Nacional do Índio (Funai), estavam em Vale do Javari e quando desapareceram, a 5 de junho, no trajeto entre a comunidade ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte. Uma viagem de cerca de duas horas. O objetivo, segundo a União das Organizações Indígenas do Vale do Javari (Univaja), era entrevistar indígenas numa localidade chamada Lago do Jaburu. 

Os dois estavam a viajar numa embarcação nova, com 70 litros de gasolina, que era suficiente para a travessia que tinham de fazer. Mas nenhum dos dois chegou ao destino final. A última vez que foram avistados foi na Comunidade São Gabriel, abaixo de São Rafael. 

O Vale do Javari é uma extensa região de rios e selva no coração da Amazónia, na fronteira com o Peru, e abriga o maior número de indígenas isolados do mundo. A área está ameaçada pela pesca e mineração ilegal e nos últimos anos tornou-se uma rota de tráfico de drogas.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Brasil

Mais Brasil

Patrocinados