Desclassificados 1.491 documentos, até agora secretos, sobre a morte do ex-presidente John F. Kennedy

Agência Lusa , CE
16 dez 2021, 00:46
John F. Kennedy e a mulher (Reuters)
John F. Kennedy e a mulher (Reuters)

Os arquivos em formato de telegramas, relatórios e comunicados intergovernamentais podem a partir de agora ser acedidos publicamente

PUB

O Governo dos Estados Unidos desclassificou 1.491 documentos, até agora secretos, relacionados com a morte do ex-presidente John F. Kennedy em Dallas, no Estado do Texas, em 1963, foi esta quinta-feira divulgado.

Os arquivos em formato de telegramas, relatórios e comunicados intergovernamentais podem a partir de agora ser acedidos publicamente através do sítio da Internet dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos, embora não incluam todos os documentos do Governo sobre o assunto.

PUB

Centenas de documentos, que se presumem ter as informações mais sensíveis sobre o caso, continuam secretos, segundo noticiaram esta quinta-feira vários órgãos de comunicação social.

Segundo a legislação de 1992, as informações sobre o assassinato de JKF deviam ter sido tornadas públicas 25 anos depois do sucedido, ou seja, em 2017, mas a lei prevê um possível adiamento caso existam preocupações com a segurança nacional.

O ex-presidente dos EUA, Donald Trump, ordenou a divulgação de 2.800 documentos inéditos em outubro de 2017, mas decidiu manter centenas de outros em segredo invocando aquela exceção, sendo que vários destes foram desclassificados hoje.

PUB
PUB
PUB

No total, o Arquivo Nacional já divulgou mais de 90% dos documentos do Governo sobre o assassinato de JFK.

O ex-presidente democrata foi assassinado em 22 de novembro de 1963 em Dallas por Lee Harvey Oswald, que segundo a investigação oficial agiu sozinho, conclusão que muitos historiadores e curiosos sobre este caso continuam a levantar dúvidas.

 

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados