Dívida pública cai para o valor mais baixo desde março de 2020

Agência Lusa , AM
2 nov, 12:23
Notas, dinheiro, euro, poupança. Foto: Adrien Fillon/NurPhoto via Getty Images

Na ótica de Maastricht, a dívida desceu para 120,5% do PIB no 3.º trimestre

A dívida pública na ótica de Maastricht, a que conta para Bruxelas, diminuiu para 120,5% do PIB no terceiro trimestre, menos 2,9 pontos percentuais face ao final do trimestre anterior, avançou esta quarta-feira o BdP.

Segundo os dados divulgados pelo Banco de Portugal (BdP), trata-se do peso mais baixo da dívida pública em percentagem do Produto Interno Bruto (PIB) desde o primeiro trimestre de 2020, em que se situou nos 119,1%.

Em setembro de 2022, a dívida pública na ótica de Maastricht totalizava 279.800 milhões de euros, mais 1.600 milhões de euros do que em agosto.

“Este acréscimo refletiu o aumento de responsabilidades em depósitos (900 milhões), sobretudo em certificados de aforro, e as emissões líquidas de títulos de dívida (700 milhões de euros)”, explica o BdP.

De acordo com o banco central, os depósitos das administrações públicas aumentaram 3.600 milhões de euros, pelo que, deduzida desses depósitos, a dívida pública diminuiu 2.000 milhões de euros, para 250.500 milhões de euros.

A próxima atualização das estatísticas da dívida pública do Banco de Portugal será divulgada em 02 de dezembro.

Dinheiro

Mais Dinheiro

Patrocinados