Restos mortais encontrados em Temmels, na Alemanha, são de Diana Santos

Ana Botto
15 nov, 14:27
Caso Diana Santos: quem é o homem do vídeo e com quem Diana fala em espanhol?

Recorde-se que a emigrante portuguesa foi assassinada no Luxemburgo

Os restos mortais encontrados, no início do mês, numa zona de floresta em Temmels, na Alemanha, junto à fronteira com o Luxemburgo, pertencem a Diana Santos. A emigrante portuguesa foi assassinada no Luxemburgo e o seu corpo foi encontrado, no dia 19 de Setembro, decapitado e desmembrado em Mont-Saint-Martin, França.

A informação foi avançada à CNN Portugal/TVI por fonte do Ministério Público luxemburguês.

Ainda segundo informações recolhidas pela CNN Portugal/TVI, o resultado das perícias confirmou a correspondência com o ADN da emigrante portuguesa.

Recorde-se que o marroquino, de 48 anos, suspeito de assassinar Diana Santos está em prisão preventiva.

Uma investigação da TVI, do grupo da CNN Portugal, permitiu traçar as últimas 24 horas da vítima. As mensagens que trocou com o namorado horas antes de ser morta dão a cronologia deste crime.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados