Falta de carne no Natal? Governo decreta serviços mínimos na greve da DGAV: "Os matadouros vão estar a funcionar"

Agência Lusa
17 dez 2022, 18:35
A ministra da Agricultura e da Alimentação, Maria do Céu Antunes, em conferência de imprensa (António Cotrim/Lusa)

Greve decorrerá entre segunda-feira a 30 de dezembro

O Governo decretou este sábado o cumprimento dos serviços mínimos dos trabalhadores em funções públicas que trabalham na inspeção sanitária na Direção-Geral da Alimentação e Veterinária (DVAG) na greve que decorrerá entre segunda-feira a 30 de dezembro.

“Importa transmitir tranquilidade aos portugueses. Os serviços mínimos estão garantidos durante o período de greve e os matadouros vão estar a funcionar”, declarou a ministra da Agricultura e Alimentação, Maria do Céu Antunes, citada no comunicado.

A nota de imprensa acrescenta que no que se refere à execução de serviços mínimos, “estão garantidos os procedimentos que têm que ver com bem-estar animal, catástrofes e abates sanitários”.

Convocada pela Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Funções Públicas e Sociais, a greve visar exigir do Governo a revisão da carreira de inspeção veterinária, a criação da carreira de inspeção sanitária e a integração na nova carreira de todos os trabalhadores com as funções correspondentes, bem como a melhoria das suas condições de trabalho, no que toca a horários, duração de trabalho e transportes em serviço.

Na reação ao anúncio da paralisação, a Associação Portuguesa dos Industriais de Carnes (APIC) avisou na sexta-feira que pode não haver carne no Natal: “Com esta greve dos médicos veterinários a ocorrer neste período festivo, ou não teremos abates suficientes para colocar nas nossas mesas o leitão ou o cabrito, ou teremos que adquirir carne oriunda dos matadouros de Espanha”.

A ministra da Agricultura afirmou que o ministério “está, como sempre esteve, absolutamente disponível para dialogar com todos os sindicatos sobre esta questão, numa altura em que estão a ser preparados os procedimentos concursais para dar resposta a este requisito de atividade”.

 

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados