Detido ao volante em Lamego com taxa de álcool de 2,11 g/l no sangue

Agência Lusa , AM
21 jul, 07:46
PSP

Taxa é considerada crime e punível com pena de prisão até um ano ou com pena de multa

Um homem foi detido esta quinta-feira por condução sob efeito de álcool, com uma taxa de 2,11 g/l, considerada crime, numa operação especial em zonas de diversão noturna na cidade de Lamego, distrito de Viseu, segundo a PSP.

Em comunicado, o Comando Distrital da PSP de Viseu especifica que durante a operação especial de prevenção criminal foi detido um homem com 30 anos por condução sob efeito de álcool, apresentando uma taxa de 2,11 g/l no sangue (considerado crime e punível com pena de prisão até um ano ou com pena de multa).

Na sequência da operação foi também detido um homem com 29 anos, por tráfico de droga, tendo na sua posse quantidade de haxixe para 60 doses individuais.

A PSP refere que no âmbito da operação foram realizadas ações de fiscalização, revistas a pessoas e buscas não domiciliárias, com especial incidência na deteção e apreensão de armas proibidas.

“Estas ações visam a prevenção e combate da criminalidade violenta e grave e o reforço do sentimento de segurança nas zonas de diversão noturna, bem como junto da população em geral”, refere a PSP.

No âmbito da operação foram feitas fiscalizações rodoviária, a estabelecimentos de restauração e de bebidas, revista a pessoas e buscas a veículos.

A PSP precisa que foram alvo de buscas e fiscalização 812 viaturas, resultando na elaboração de 26 autos de contraordenação no âmbito rodoviário, dos quais 20 por excesso de velocidade, três por condução com excesso de álcool no sangue, um por falta de seguro obrigatório, um por falta de inspeção periódica obrigatória e outro por não utilização do cinto de segurança.

Foram ainda alvo de revista 56 pessoas com idades compreendidas entre os 18 e os 59 anos de idade.

“Os factos criminais foram comunicados ao Tribunal Judicial de Lamego, a fim dos visados serem submetidos a 1.º Interrogatório Judicial”, indicou ainda a PSP.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados