Campelos: «A direção tem consciência que faltam chegar alguns jogadores»

7 ago, 23:58
Desp. Chaves-Vitória de Guimarães (JOSÉ COELHO/LUSA)

Palavras do treinador do Desp. Chaves após a derrota ante o V. Guimarães

O treinador do Desp. Chaves, Vítor Campelos, em declarações reproduzidas pela Lusa na conferência de imprensa após a derrota frente ao Vitória de Guimarães (1-0), em jogo da primeira jornada da Liga:

«Fizemos de tudo e preparámo-nos durante a semana para entrarmos fortes durante o jogo e vencermos o adversário, que é de valor. Podia referir o cansaço do Vitória [de Guimarães], mas também que já tem ritmo com três jogos oficiais e trocaram algumas peças para refrescar a equipa. Estivemos em alguns momentos por cima do jogo, fomos muito fortes na reação à perda. Sofremos o 1-0 já nos descontos, num lance em que devíamos ter sido mais agressivos e podíamos ter chegado mais perto da bola.

Retificámos algumas coisas ao intervalo que tínhamos de melhorar, principalmente para ligar o jogo entre os médios. Podíamos ter marcado pelo João Mendes, que teria catapultado o jogo para um resultado diferente. Com as mexidas, acabámos por cima, mas o Vitória também ficou em inferioridade numérica. Tivemos vários jogadores que se estrearam na I Liga, esse fator de ser a primeira vez que jogavam pode ter trazido ansiedade, mas com o decorrer do jogo, viram que têm qualidade e valia para jogar a este nível. Tenho a certeza que muitos deles podem almejar jogar em outros patamares.

[Sobre o plantel] As equipas que subiram acabaram por manter um maior número de jogadores da época passada. Os que chegaram estão a adaptar-se ao modelo de jogo da equipa, outros chegaram mais tarde e precisam de se adaptar ao campeonato. A direção tem consciência que faltam chegar alguns jogadores para completar o plantel. Eu tento tirar o máximo proveito dos jogadores que tenho e é isso que faço no dia-a-dia.

Relacionados

Patrocinados