Desemprego na zona euro desce para 6,6% em setembro

Agência Lusa , AM
3 nov, 10:36
Multidão em movimento

Em Portugal registou-se uma descida semelhante, com a taxa de desemprego a cair de 6,3% em setembro de 2021 para 6,1% no mesmo mês deste ano

A taxa de desemprego caiu em setembro, face ao mesmo mês de 2021, para 6,6% na zona euro e para 6% na União Europeia (UE), estando Portugal em linha com a média comunitária, com uma descida para 6,1%.

Os dados foram publicados pelo serviço estatístico da UE, o Eurostat, e indicam que, face ao mês homólogo do ano passado, a taxa de desemprego nos 19 Estados-membros da moeda única baixou de 7,3% para 6,6% em setembro deste ano, verificando-se o mesmo no conjunto dos 27 países (de 6,7% para 6%).

Em Portugal registou-se uma descida semelhante, com a taxa de desemprego a cair de 6,3% em setembro de 2021 para 6,1% no mesmo mês deste ano.

Na variação em cadeia, relativamente ao mês anterior, em setembro a taxa de desemprego baixou na zona euro face aos 6,7% de agosto, enquanto se manteve estável na UE.

Em Portugal houve um ligeiro aumento mensal, dada a percentagem de 6% em agosto de 2022 registada no país (e a de 6,1% em setembro).

Em termos absolutos, o Eurostat estima que 12,9 milhões de homens e mulheres na UE, dos quais 10,9 milhões na zona euro, estavam desempregados em setembro de 2022, uma redução em 52 mil no conjunto dos 27 países europeus e em 66 mil para os 19 Estados-membros da moeda única.

Em comparação com setembro de 2021, o desemprego caiu neste mês em 1,3 milhões na UE e em 1,1 milhões na zona euro.

No que toca ao desemprego juvenil, um total de 2,7 milhões de jovens com menos de 25 anos estavam desempregados na UE em setembro deste ano, dos quais 2,2 milhões na zona euro, de acordo com o Eurostat.

A taxa de desemprego juvenil era assim de 14,6% tanto na UE como na zona euro, acima dos 14,3% e dos 14,4% em agosto, respetivamente, mas abaixo dos 15,4% (para ambas as regiões) em setembro de 2021.

Por género, no conjunto da UE em setembro deste ano, a taxa de desemprego das mulheres era de 6,4% e a dos homens era de 5,7%, ambas estáveis em relação a agosto de 2022.

Já na zona euro, a taxa de desemprego das mulheres era de 7,1% e a dos homens era de 6,2% em setembro, também estáveis relativamente ao mês anterior.

Economia

Mais Economia

Patrocinados