Autovoucher: saiba o que fazer para receber 20 euros de desconto nos combustíveis

7 mar, 15:29

Benefício, em vigor desde novembro, aumentou em 20 euros para todos os consumidores inscritos no Programa IVAucher

Já entrou em vigor a nova modalidade do Autovoucher, cujo aumento do desconto passou de 25 euros em cinco meses (uma média de cinco euros por mês) para mais 20 euros durante o mês de março, o que totaliza uma acumulação de 45 euros.

O mecanismo agora reforçado foi lançado em novembro. A medida surge para ajudar a mitigar mais um aumento no preço dos combustíveis, que atingiu esta segunda-feira novos máximos, devido ao conflito na Ucrânia.

Este apoio de 20 euros mensais corresponde, por exemplo, a um desconto de 20 cêntimos por litro no caso de abastecer 50 litros ao mês; se abastecer 100 litros por mês, o desconto médio baixa para 10 cêntimos; se abastecer 25 litros, o desconto médio é de 40 cêntimos: como o valor máximo total é sempre o mesmo (20 euros em março), o "desconto" médio é tanto maior quanto menor o número de litros abastecidos.

O apoio mensal é reembolsado de uma só vez com o primeiro abastecimento de combustível efetuado, independentemente do valor abastecido, sendo apenas necessário que o consumidor se tenha registado na plataforma IVAucher, faça a compra com cartão bancário e que o posto de abastecimento tenha aderido ao Autovoucher.

O dinheiro é depois reembolsado para a conta bancária do contribuinte, no prazo máximo de dois dias úteis.

Os cidadãos que ainda não aderiram ao programa podem efetuar o registo a qualquer momento, em www.ivaucher.pt. No portal será necessário registar o Número de Identificação Fiscal, sendo que os cartões bancários são automaticamente associados. Após a adesão, o sistema demora um dia útil a ficar ativo.

Postos de abastecimento que aderiram ao Autovoucher:

Até ao momento, há mais de um milhão e meio de portugueses inscritos neste programa, que podem agora receber o máximo de 45 euros em cinco meses.

Recorde-se que, com o aumento do preços dos combustíveis, as gasolineiras mudaram os preços à meia-noite desta segunda-feira. Considerando as três maiores redes, a Galp aumentou o preço da gasolina 10,5 cêntimos e do gasóleo 15,5 cêntimos. A BP aumentou 8 cêntimos o preço da gasolina e 12 cêntimos o do gasóleo. Já a Repsol aumentou o preço da gasolina 7,5 cêntimos e o do gasóleo 14,5 cêntimos. 

Assim, esta madrugada, o preço do gasóleo rondava 1,95 euros por litro. Já o gasóleo de melhor qualidade está com preços acima dos 2 euros por litro.

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados