Ministério Público confirma buscas e diz que suspeitas de fraude rondam os 15 milhões de euros

24 nov, 11:15
Buscas nos estádios de Braga e Guimarães
Buscas nos estádios de Braga e Guimarães

Factos em investigação são suscetíveis de integrarem crimes de fraude fiscal, fraude à segurança social e branqueamento de capitais

PUB

O Ministério Público do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP) confirmou, através de comunicado, a realização de duas dezenas de buscas domiciliárias e não domiciliárias na sequência de investigações em negócios do futebol.

As buscas estão a ser feitas com o apoio Direção de Serviços de Investigação da Fraude e de Ações Especiais da Autoridade Tributária e decorrem, designadamente em instalações de Sociedades Anónimas Desportivas, em empresas e em escritório de advogados.

PUB

"Em causa estão suspeitas de negócios simulados, celebrados entre clubes de futebol e terceiros, que tiveram em vista a ocultação de rendimentos do trabalho dependente, sujeitos a declaração e a retenção na fonte, em sede de IRS, envolvendo jogadores de futebol profissional. Os valores envolvidos rondarão os 15 milhões de euros. Os factos em investigação são suscetíveis de integrarem crimes de fraude fiscal, fraude à segurança social e branqueamento de capitais".

As buscas surgem na sequência das diligências realizadas em março de 2020, na Operação Fora de Jogo.

PUB
PUB
PUB

Participam nas buscas um magistrado judicial, cinco magistrados do Ministério Público, 40 efetivos da Autoridade Tributária e cerca de 50 militares da Unidade de Ação Fiscal da GNR.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça