Academia altera cerimónia dos Óscares para recuperar audiências

Agência Lusa , PF
23 fev, 12:35
Óscares

Numa carta enviada aos membros da academia, o presidente, David Rubin, explicou que a transmissão televisiva dos Óscares só acontecerá uma hora depois do início da cerimónia, para que a organização edite e reduza a duração de entrega dos galardões em oito das 23 categorias

A Academia de Cinema dos Estados Unidos anunciou na terça-feira que, este ano, oito prémios dos Óscares serão revelados antes da transmissão televisiva, como forma de agilizar a cerimónia e melhorar as audiências.

Numa carta enviada aos membros da academia, o presidente, David Rubin, explicou que a transmissão televisiva dos Óscares só acontecerá uma hora depois do início da cerimónia, para que a organização edite e reduza a duração de entrega dos galardões em oito das 23 categorias.

São elas as categorias de Montagem, Direção de Arte, Som, Caracterização, Banda Sonora Original, Melhor Curta-Metragem, Curta-Metragem de Animação e Documentário em Curta-Metragem.

O presidente da Academia garante que os vencedores destas categorias "terão o seu momento Óscar", mas sublinhou que a mudança na cerimónia era necessária para a tornar mais dinâmica e relevante e para melhorar os níveis de audiências, que têm sofrido quebras nas últimas edições.

Em 2019, a academia já tinha tentado fazer alterações na cerimónia, revelando que quatro categorias seriam retiradas do anúncio em direto, mas acabou por voltar atrás perante as críticas do setor.

No ano passado, a cerimónia dos Óscares, marcada pelos constrangimentos da pandemia, foi vista por 9,8 milhões de espectadores.

A 94.ª cerimónia dos Óscares, os prémios norte-americanos de cinema, decorrerá a 27 de março, em Los Angeles, Califórnia.

O filme "O Poder do Cão", da realizadora neozelandesa Jane Campion, lidera as nomeações dos Óscares, em 12 categorias, seguindo-se "Duna", de Denis Villeneuve, com dez nomeações.

O designer luso-canadiano Luís Sequeira está nomeado para Melhor Guarda-Roupa pelo filme "Nightmare Alley – Beco das Almas Perdidas", do realizador mexicano Guillermo del Toro.

Relacionados

Artes

Mais Artes

Patrocinados