Ucrânia acusa russos de “roubar” trigo

CNN , Tim Lister e Julia Kesaieva
29 abr, 18:17
Guerra à mesa: segurança alimentar mundial ameaçada pelo conflito entre Ucrânia e Rússia

Autoridades do "celeiro da Europa" acusam a Rússia de “roubar” e assim "ameaçar a segurança alimentar do mundo"

As autoridades ucranianas acusaram as forças russas de "roubar" trigo nas partes do país que ocuparam, o que aumenta a ameaça à segurança alimentar global.

Em comunicado divulgado pela Reuters, o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia afirma que “o saque de cereais da região de Kherson, bem como o bloqueio de navios em portos ucranianos e de rotas marítimas ameaçam a segurança alimentar mundial”.

O Ministério exigiu que a Rússia pare “o roubo ilegal de cereais, desbloqueie os portos ucranianos, restaure a liberdade de navegação e permita a passagem de navios mercantes".

Através das suas ações ilegais, a Rússia está a roubar não apenas a Ucrânia, mas também os consumidores no estrangeiro", acusa a Ucrânia

"As Nações Unidas estimam que cerca de 1,7 mil milhões de pessoas possam sofrer situações de fome e pobreza devido a interrupções de fornecimento de alimentos, em resultado de uma guerra em grande escala travada pela Rússia contra a Ucrânia", acrescentou o Ministério. Confrontada com estas alegações pela Reuters, o Kremlin disse que não tinha informações sobre o assunto.

O Estado-Maior General das Forças Armadas da Ucrânia afirmou também esta sexta-feira que as tropas russas estão "a roubar" stocks de trigo, enquanto os combates continuam nas regiões leste e sul do país.

"Os ocupantes russos estão a roubar os aldeões", disse o Estado-Maior. “Assim, por exemplo, mais de 60 toneladas de trigo e respetivos camiões de mercadorias foram roubados da cooperativa agrícola na cidade de Kamianka-Dniprovska”. A CNN não pode verificar estas alegações de forma independente.

Ivan Fedorov, presidente da Câmara de Melitopol, no sul, que está sob controlo das tropas russas há semanas, também falou sobre a retirada dos stocks de cereais de trigo. "Hoje mudou para uma escala industrial", afirmou. "Ontem publicámos um vídeo de um comboio de mais de 50 carruagens com reboques a retirar cereais dos nossos territórios ocupados... E hoje não sabemos para onde os enviaram."

A região de Melitopol produz colheitas de cereais substanciais.

A Ucrânia é conhecida como o "celeiro da Europa" e é uma fonte importante de trigo e milho - especialmente para países do Médio Oriente e Norte da África que dependem de importações. A provável interrupção de colheitas este ano pode ser um desastre, deixando esses países com pouca oferta - e elevando os preços de produtos agrícolas.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Negócios

Mais Negócios

Patrocinados