Homem acusado de "agressões físicas graves" a bebé de 5 meses

Agência Lusa
2 abr, 14:06
(Foto Cláudia Lima da Costa)

A PSP deu seguimento a uma denúncia. O detido é padrasto da menina

Um homem com 35 anos ficou em prisão preventiva após ter sido detido em Loures, Lisboa, fora de flagrante delito, por violência doméstica contra uma bebé com 5 meses, filha da companheira, anunciou esta terça-feira a Polícia de Segurança Pública (PSP).

Segundo a PSP, o homem foi detido na quinta-feira, pelas 23:00, em Loures, após um denunciante se ter dirigido a uma esquadra para relatar episódios de “agressões físicas graves” a uma bebé com 5 meses, ocorridas em 21 de março, apresentando um vídeo que demonstrava as agressões do suspeito.

O denunciante conversou com a mãe da bebé e companheira do suspeito e, “perante a sua apatia em relação às agressões, resolveu deslocar-se ao departamento policial para relatar o sucedido”, sublinhou a PSP.

Na sequência da denúncia, a PSP deslocou-se à residência da criança e iniciou “diligências urgentes para apurar responsabilidades e verificar o estado de saúde da bebé”.

A criança foi conduzida a uma unidade hospitalar para verificar o seu estado de saúde e o suspeito foi localizado e conduzido, juntamente com a progenitora da menina, para instalações policiais.

“Reunida a prova necessária”, o suspeito foi indiciado pela prática de um crime de violência doméstica, tendo sido detido no cumprimento de mandado de detenção fora de flagrante delito emitido por autoridade de polícia criminal, enquanto a progenitora da menina foi constituída arguida “pela prática do crime de omissão de auxílio”.

A criança permanece numa unidade hospitalar para observação, acrescentou a PSP.

O detido foi ouvido em primeiro interrogatório no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Norte – Loures, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação mais gravosa, de prisão preventiva.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados