Grávida de 8 meses morta no Barreiro. Suspeito tentou fugir do país

18 ago, 13:13

O principal suspeito é um homem que foi detido esta quinta-feira no aeroporto de Lisboa

Uma mulher, grávida de oito meses, foi encontrada morta em casa, quarta-feira, no Barreiro, com ferimentos de arma branca. 

O óbito foi declarado no local pela VMER (Viatura médica de Emergência e Reanimação).

A PSP foi a casa da vítima, de 37 anos, alertada por um familiar que suspeitava que poderia ter sido morta depois de ter visto as ameaças do suspeito, companheiro da vítima, nas redes sociais. 

A PSP tinha a informação que o homem poderia tentar fugir do país e lançou o alerta às várias polícias.

Esta quinta-feira, Comando Metropolitano de Lisboa da PSP, através da Divisão de Segurança Aeroportuária, acabaria por ser deter o suspeito, de 31 anos, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. Foi intercetado na zona das partidas. "O suspeito foi sujeito a revista, tendo sido apreendida uma faca. Foi entregue ao Órgão de Policia Criminal competente para as pertinentes diligências de investigação", diz a PSP em comunicado. 

Patrocinados