Criança de 2 anos pede 31 hambúrgueres pelo telemóvel que a mãe deixou desbloqueado

CNN , Zoe Sottile
22 mai, 15:40
Barrett Golden de dois anos encomendou 31 cheeseburgers por acaso

Uma mãe do Texas, EUA, aprendeu uma lição importante sobre deixar o telefone desbloqueado, depois do seu filho de dois anos acidentalmente encomendar 31 cheeseburgers da McDonald's.

Na segunda-feira, Kelsey Golden, profissional de marketing e comunicação num estabelecimento de ensino, estava a trabalhar no seu computador em casa no anuário da escola. Enquanto transferia fotos do seu telefone para o computador, o seu filho Barrett, de dois anos, começou a arrancar-lhe o telefone das mãos, contou ela à CNN. Golden explicou que o seu filho adora usar a câmara do telefone. "Ele gosta de olhar para o seu reflexo", disse, em vez de jogar ou de fazer outras atividades no seu telefone.

Mas desta vez, Barrett não ficou apenas a olhar para o seu reflexo: "Começou a pressionar o ecrã, balançando-o como se o seu braço fosse uma montanha-russa", conta a mãe.

Foi então que Golden recebeu uma notificação de que o seu pedido no DoorDash [um serviço de encomendas e entregas ao domicílio] estava a demorar mais do que o normal - o que era incomum, porque, embora às vezes ela usasse o DoorDash para pedir o almoço para os dois filhos mais velhos na escola, naquela manhã ela havia embalado o almoço. Uma colega de trabalho aumentou a confusão, quando disse a Golden que os seus filhos estavam de facto a comer os seus lanches na escola - sem DoorDash à vista.

"Exatamente quando ela me disse isso, eu estava lá fora na varanda a brincar com o Barrett", diz. "Um carro parou e eu fiquei tipo, 'o quê'? Então fui até lá, e ela pegou num saco gigante da McDonald's e disse '31 cheeseburgers?'"

Ao princípio, diz Golden, ela achou que a entregadora estava na casa errada. "Então, dei-me conta de que Barrett estava a brincar com o meu telefone", diz. "Voltei, olhei para o meu telefone e vi que tinha sido feito um pedido no momento em ele estava a brincar com o meu telefone".

"Pensei, oh meu Deus, ele fez realmente isso."

O pedido acidental foi ainda mais deslocado porque "ninguém na nossa família gosta de cheeseburgers", diz Golden. Então, ela fez uma publicação na página do Facebook da sua terra a oferecer cheeseburgers grátis.

"O assunto quase explodiu a partir daí."

"Veio uma mulher, que estava grávida, e queria seis", conta. "Não faço julgamentos." Depois, doou alguns cheeseburgers aos vizinhos.

O pedido total foi de 91,7 dólares [87 euros], em parte porque Barret deixou uma gorjeta "realmente generosa" de 25%, diz Golden.

"Não fazia ideia" de que o incidente se tornaria viral, afirma. Na sexta-feira, ela e Barrett foram convidados para um encontro com a equipa da McDonald's, onde o seu filho pôde conhecer as mascotes da empresa, tirar fotografias e saborear nuggets de frango.

Golden espera que o pedido "por acaso" do seu filho ajude a alegrar os dias das pessoas. "Espero que espalhe um pouco de humor num mundo triste e sombrio".

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Tecnologia

Mais Tecnologia

Patrocinados