CPCJ sinalizaram 43 mil crianças e jovens em 2021

23 jun, 07:21
Criança (arquivo)

REVISTA DE IMPRENSA Instituições confirmam 74 casos de crianças agredidas em contexto de violência doméstica

O jornal i noticia esta quinta-feira, na sua edição impressa, que as Comissões de Proteção de Crianças e Jovens sinalizaram 43.075 crianças e jovens em 2021, o que se traduz num aumento de 8,6% face ao ano anterior.

A maioria dos menores é sinalizado em contexto de violência doméstica e negligência. No total, foram contabilizados 13.782 casos em contexto de violência doméstica, ou seja, 38 por dia. O balanço das organizações refere, ainda, que 74 crianças foram agredidas fisicamente.

Outros motivos para a referenciação das CPCJ prendem-se com comportamentos de risco, como a ameaça ao direito à educação e o consumo de estupefacientes, mas também abusos sexuais e exploração infantil.

Ao todo, houve 919 comunicações por abusos sexuais, 12 por prostituição infantil e, ainda, 408 casos de abandono escolar.

As forças de segurança foram as que mais reportaram às CPCJ, tendo sido responsáveis por 16.261 comunicações (37,8% do total), a que se seguem os estabelecimentos de ensino, com 9.084 denúncias (21,1%).

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados