Elementos do Projeto “SeaWatch” auxiliam criança em estado inconsciente

PP
6 jul, 14:22
Elementos do Projeto “SeaWatch” auxiliam criança em estado inconsciente

Menor de quatro anos entrou em dificuldades no mar, na praia da Foz do Arelho

Os elementos do Projeto “SeaWatch”, pertencente à Autoridade Marítima Nacional, auxiliaram, esta terça-feira, uma criança de quatro anos que se encontrava em estado inconsciente, depois de ter entrado em dificuldades na água na praia da Foz do Arelho, no concelho de Caldas da Rainha.

A informação foi avançada através de um comunicado aos órgãos de comunicação social pela Autoridade Marítima Nacional.

No comunicado, explicam que "o alerta foi recebido pelas 18h20, através dos nadadores-salvadores da praia da Foz do Arelho, a informar que se encontrava uma criança em risco de afogamento, tendo sido ativados para o local os elementos do Projeto "SeaWatch" que se encontravam a efetuar uma ação de patrulhamento nas proximidades, e do Comando-local da Polícia Marítima de Peniche. Para o local deslocaram-se também uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do INEM, bem como elementos dos Bombeiros Voluntários de Caldas da Rainha e da GNR".

Acrescentam ainda que "a criança foi resgatada, em estado inconsciente, para terra pelos nadadores-salvadores, tendo os elementos do Projeto "SeaWatch" auxiliado e iniciado as manobras de reanimação até à chegada do médico do INEM, que continuou com as manobras de reanimação. A vítima, que se encontrava em estado estável, foi posteriormente transportada por uma ambulância dos Bombeiros Voluntários de Caldas da Rainha, para uma unidade hospitalar, acompanhada pelos elementos da Polícia Marítima e do Projeto "SeaWatch"".

O Comando-local da Polícia Marítima de Peniche tomou conta da ocorrência.

País

Mais País

Patrocinados