Saiba tudo sobre o Euro aqui

UBS concorda comprar Credit Suisse por dois mil milhões de dólares

CNN Portugal , (notícia atualizada às 17:20)
19 mar 2023, 14:56
Credit Suisse (EPA/MICHAEL BUHOLZER)

O Credit Suisse tornou-se no primeiro banco de grande dimensão à escala mundial a receber uma ajuda pública de emergência desde a crise financeira de 2008

O UBS concordou comprar o Credit Suisse depois de aumentar a oferta para mais de dois mil milhões de dólares (cerca de 1,8 mil milhões de euros), avança o Financial Times, na edição deste domingo.

Horas antes, o diário britânico noticiou que o UBS ofereceu até mil milhões de dólares, cerca de 941 milhões de euros, pelo Credit Suisse.

Segundo  o jornal, que cita quatro pessoas com conhecimento do processo, os dois bancos devem assinar o acordo ainda este domingo, antes da abertura do mercado na segunda-feira, por 0,25 francos suíços por ação (correspondente ao mesmo valor em euros) a ser pago em ações do UBS - muito abaixo dos 1,86 francos suíços com que o banco fechou a sessão de sexta-feira.

O UBS terá imposto ainda uma cláusula de salvaguarda, apontando que "uma mudança material adversa" terá como consequência a anulação do acordo.

Como parte do acordo, as partes concordaram com uma modificação da legislação para evitar que esta decisão de compra seja submetida a voto dos acionistas do UBS, segundo uma fonte do jornal, citada pela agência EFE.

Esta ajuda surge após o principal acionista, o Banco Nacional da Arábia Saudita, ter anunciado que ia pôr fim aos investimentos no Credit Suisse, o segundo maior banco do país e uma das 20 maiores instituições bancárias da Europa.

 

Relacionados

Economia

Mais Economia

Patrocinados