CP realizou 29 comboios de 686 programados até às 14:00

Agência Lusa , CF
10 fev 2023, 15:58
Comboios (Lusa/Tiago Petinga)

Este é o terceiro dia consecutivo em que as greves no setor ferroviário têm afetado a circulação de comboios. Perturbações vão manter-se até dia 21 de fevereiro

A CP realizou, entre as 00:00 e as 14:00 desta sexta-feira, 29 comboios de um total de 686 programados, tendo suprimido 657 composições, devido às greves marcadas por vários sindicatos, de acordo com dados divulgados pela transportadora.

Assim, segundo a CP, não circularam esta sexta-feira comboios de longo curso neste período, sendo que estavam previstos 39.

No caso do serviço regional, realizaram-se três comboios de 180 previstos.

Nos urbanos de Lisboa circularam 21 comboios (de 328 programados) e no Porto cinco comboios (139 programados).

Este é o terceiro dia seguido em que as greves no setor ferroviário têm afetado a circulação de comboios.

Os trabalhadores revisores, das bilheteiras e de chefias diretas afetos ao Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI) cumprem esta sexta-feira uma greve de 24 horas.

Por sua vez, os trabalhadores com as categorias de Maquinista ou Maquinista Técnico cumprem, entre as 00:00 desta sexta-feira e as 24:00 do dia 16 de fevereiro de 2023, uma greve à prestação de trabalho a todos os períodos normais de trabalho diários que tenham a duração prevista superior a 07:30.

Em declarações à Lusa, cerca das 08:00 desta sexta-feira, Luís Bravo, do Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), disse que a adesão à greve estava a ser maciça, acima dos 90% em todo o país".

Luís Bravo disse que a paralisação é de 24 horas, mas ainda poderá ter efeitos no sábado.

Em declarações à Lusa na quinta-feira, António Domingues, do Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ), explicou que a greve tem vários parâmetros e não foram decretados serviços mínimos.

A CP tem no seu 'site', um alerta aos passageiros para perturbações na circulação até dia 21 de fevereiro.

"Por motivo de greves, convocadas pelos Sindicato Nacional dos Maquinistas dos Caminhos de Ferro Portugueses (SMAQ), Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF) e Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), ocorrerão fortes perturbações na circulação de comboios, a nível nacional, no período entre as 00:00 do dia 8 de fevereiro de 2023 e as 24:00 do dia 21 de fevereiro de 2023".

Relacionados

País

Mais País

Mais Lidas

Patrocinados