Nova variante alastra na Ásia-Pacífico

CNN
3 dez 2021, 03:52
Covid-19
Covid-19

Omicron chegou à Índia, a Singapura e ao Havai, onde já circula na comunidade. Também na Austrália já há confirmação de transmissão comunitária

PUB

Apesar das medidas restritivas impostas aos viajantes internacionais, e do controlo mais apertado de entradas nos aeroportos, a nova variante do vírus que provoca a covid-19 continua a entrar em cada vez mais países. A Ásia-Pacífico não é exceção nesta tendência global.

Desde a noite de quinta-feira há casos confirmados da variante Ómicron na Índia, em Singapura e no Havai, arquipélago do Pacífico que faz parte dos Estados Unidos. E na Austrália já não há dúvidas de que o vírus circula na comunidade: está confirmado o primeiro caso de contágio comunitário no país. Estas geografias juntam-se a Hong Kong e Japão, onde também já foram detetados casos da nova variante.

PUB

A Índia, que protagonizou um dos mais impressionantes surtos globais da variante Delta, confirmou que a nova variante do SARS-Cov-2 chegou ao país. Dois homens do estado de Karnataka, no sudoeste, são as primeiras infeções confirmadas com a Ómicron. Ambos têm sintomas “moderados”.

Um médico de 46 anos testou positivo há uma semana, e a sequenciação genómica provou agora que se trata da nova variante. O indivíduo não viajou para fora da Índia, mas as autoridades admitem que, devido à sua atividade, tenha estado em contacto com alguém que tenha chegado há pouco tempo ao país. O outro infetado é um homem de 66 anos, natural da África do Sul, que esteve nesse país durante uma semana, no final de novembro. À saída de África do Sul, com destino à Índia, testou negativo. A viagem incluiu uma escala no Dubai.

PUB
PUB
PUB

As autoridades indianas garantem que já testaram todos os contactos diretos de ambos os indivíduos, e todos resultaram negativo. 

Também Singapura detetou os primeiros casos, em dois viajantes que acabavam de chegar ao território. Estão isolados e todos os passageiros que viajaram no mesmo voo estão sob vigilância. O ministro da Saúde assegura que não há qualquer indício de transmissão comunitária em Singapura.

EUA e Austrália: Ómicron circula na comunidade

Pelo contrário, no arquipélago do Havai, o primeiro caso de Ómicron indica que o vírus está a circular na comunidade. O infetado não tem histórico de viagens para fora da sua ilha. Trata-se de uma pessoa que não estava vacinada, por ter estado doente com covid, tendo entretanto recuperado.

Com a chegada da nova variante ao Havai, são já cinco os estados norte-americanos onde a Ómicron está confirmada, num total de nove casos no país, até agora. A situação mais preocupante é em Nova Iorque, onde cinco novos casos nas últimas horas, com grande dispersão geográfica, indicam que já existe transmissão comunitária.

PUB
PUB
PUB

Na Austrália, um aluno de uma escola de Sydney é o primeiro caso de infeção pela nova variante envolvendo alguém que não esteve fora do país. Com a confirmação deste caso, as autoridades de Nova Gales do Sul não têm dúvidas de que a nova variante está a circular na comunidade. Este é o nono caso reportado na Austrália, mas todos os outros envolviam pessoas que tinham chegado há poucos dias de viagens ao estrangeiro.

Apesar desta notícia, as autoridades australianas não pretendem reverter os planos para uma maior abertura de atividades dentro do país - sobretudo atividades económicas que estavam paradas ou muito limitadas. Apenas os voos internacionais são afetados por proibições e controlos mais rigorosos.

Auckland, a maior cidade australiana, terminou esta sexta-feira um longo confinamento de 107 dias. Os habitantes da cidade podem voltar a receber amigos em casa, ir aos ginásios, aos cafés e aos restaurantes e bares. Acabam as restrições generalizadas para quem está vacinado com duas doses, mas apertam as regras para quem recusa a vacinação.

PUB
PUB
PUB

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados