Alemanha confirma os primeiros dois casos da variante Omicron

Beatriz Céu , Atualizada às 18:05
27 nov 2021, 10:23
Centro móvel de vacinação na Alemanha
Centro móvel de vacinação na Alemanha

Dois passageiros que chegaram a Munique vindos da África do Sul estão infetados

PUB

A Alemanha confirmou este sábado os dois primeiros casos da nova variante da covid-19, denominada Omicron. De acordo com o Ministério da Saúde do estado da Baviera, dois passageiros que chegaram da África do Sul a 24 de novembro apresentaram mutações desta variante.

Os dois passageiros chegaram à cidade alemã de Munique antes de a África do Sul ter sido identificada como zona de vírus.

PUB

Estas duas pessoas vão agora ficar em isolamento.

A nova variante do coronavírus, detetada na quinta-feira pela primeira vez na África do Sul, é considerada "preocupante" pela Organização Mundial de Saúde (OMS), apresentando um risco aumentado de contágio em comparação com outras estirpes, incluindo a Delta, dominante e já muito contagiosa. 

República Checa investiga caso suspeito da nova variante no país

Também este sábado, a República Checa disse estar a investigar um caso suspeito da variante Omicron numa pessoa que regressou ao país de uma viagem da Namíbia.

"Um laboratório está a investigar um espécime positivo da variante Omicron. Estamos a aguardar por uma confirmação ou refutação do caso", disse a porta-voz do Instituto Nacional de Saúde Pública, Stepanka Cechova, citada pela Reuters.

PUB
PUB
PUB

A Omicron também foi identificada no Malauí, em Israel (num passageiro oriundo do Malauí), Botswana e Hong Kong.

A Alemanha está a ser particularmente afetada pela nova vaga da pandemia de covid.19.

Dados do Instituto Robert Koch (RKI) indicam que a taxa de incidência do novo coronavírus na Alemanha continua a somar novos picos diários desde o início deste mês e situa-se hoje em 444,3 novas infeções por cada 100.000 habitantes em sete dias, o que contrasta com as de 438,2 de sexta-feira e as 362,2 de há uma semana, numa altura em que a campanha de vacinação continua a mostrar sinais de lentidão.

Segundos os dados do RKI de virologia, atualizados nesta madrugada, a Alemanha contabilizou 67.125 novos casos nas últimas 24 horas e 303 mortes associadas à covid-19, com o número de infeções ativas a rondar os 813.400.

A taxa cumulativa de internamentos a sete dias está atualmente na Alemanha em 5,97 por 100.000 habitantes, e a ocupação nas unidades de cuidados intensivos com pacientes com covid-19 é de 18,9% das camas disponíveis 

PUB
PUB
PUB

Os dados referem que 71,1% da população da Alemanha (59,1 milhões de pessoas) foram vacinadas, 68,4% (56,9 milhões) com o regime completo, enquanto 8,6 milhões já receberam uma dose de reforço. 

Uma newsletter para conversarmos - Decisão 22

Envie-nos as suas questões e sugestões de temas, responderemos pela caixa do correio

Saiba mais

Europa

Mais Europa

Patrocinados