Há 4 grandes medidas contra a covid a partir do feriado de Natal (e 4 recomendações para a ceia): saiba o que muda nas nossas vidas

CNN Portugal , Notícia atualizada
21 dez 2021, 17:31

António Costa apresentou esta terça-feira ao país as novas medidas para combater a pandemia

PUB

As novas medidas entram em vigor às 00:00 de dia 25. Tal como a CNN Portugal avançou segunda-feira, o que estava previsto para 2 de janeiro é antecipado para o Natal. Esta é lista de grandes medidas (e respetivas adendas) e ainda as recomendações apresentadas pelo primeiro-ministro em conferência de imprensa após reunião do Conselho de Ministros.

 

1. Período de contenção entra em vigor a partir das 00h00 de 25 de dezembro:

PUB
  • Teletrabalho obrigatório;
  • Encerramento de discotecas e bares (com apoios às empresas);
  • Encerramento de creches e ATL (com apoio à família);
  • Teste negativo obrigatório para acesso a: estabelecimentos turísticos e alojamento local; eventos empresariais; casamentos e batizados; espetáculos culturais; recintos desportivos (salvo decisão da DGS).
PUB

2. Natal (24 e 25 dez) e Ano Novo (30, 31 dez e 1 jan):

  • Teste negativo obrigatório para acesso a restaurantes, casinos e festas de passagem de ano;
  • Proibição de ajuntamentos na via pública de mais de 10 pessoas na passagem de ano;
  • Proibição de consumo de bebidas alcoólicas na via pública.
PUB
PUB
PUB

3. Aumento de 4 para 6 testes gratuitos por pessoa

O Governo decidiu aumentar o número de testes gratuitos, de forma a que a população possa controlar de forma mais eficaz os casos de contágios. António Costa defendeu na apresentação destas novas medidas que "a recomendação é que não se participe [em festas], mas se participar que seja com um teste negativo".

4. Redução de lotação nos estabelecimentos comerciais: 1 pessoa / 5 m2.

Esta medida vem reduzir de forma significativa a concentração de consumidores em lojas e centros comerciais. De forma a evitar uma afluência às lojas para troca de presentes de Natal e habituais promoções desta altura, os saldos estão proibidos entre 25 de dezembro e 9 de janeiro, e os consumidores vão poder fazer as trocas nas lojas até ao final do próximo mês.

Evitar no Natal e Ano Novo

Com a variante Ómicron a representar já 46,9% do total de infeções, segundo dados atualizados do Instituto Nacional de Estatística, e as projeções a apontarem para que até ao fim do mês abranja 90% da população infetada, estas são as recomendações do Governo sobre o que evitar:

PUB
PUB
PUB

 

  • Muita gente;
  • Muito tempo sem máscara;
  • Espaços fechados, pequenos e pouco arejados;
  • Reunir-se com a família ou os amigos sem se testar.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados