Covid-19: há mais 50 mortos e 47.199 infetados nas últimas 24 horas em Portugal

BCE
4 fev, 14:08
Vacina contra a covid-19

O número de internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) disparou esta sexta-feira, com mais 19 pessoas internadas nestas unidades, e a entrada de mais cinco doentes com covid-19 em enfermaria

O número de mortos e infetados por covid-19 voltou a aumentar nas últimas 24 horas em Portugal. No total, o país contabiliza 20.127 óbitos e 2.843.029 casos de covid desde o início da pandemia, em março de 2020.

Os internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) dispararam nesta sexta-feira, registando-se agora 174 pessoas internadas com covid-19 (com mais 19 nas últimas horas). Também o número de internamentos em enfermaria aumentou, com a entrada de mais cinco pessoas, estando neste momento  2.445 pessoas internadas.

Lisboa e Vale do Tejo foi a região onde se registou um maior número de mortes por covid-19 nas últimas 24 horas (17), seguindo-se o Norte (16), Centro (8) e Algarve (4). O Alentejo não registou mortes por covid-19 desde esta quinta-feira. A maior parte das vítimas mortais com covid-19 tinha entre 80 e 89 anos (31), seguido dos 70 aos 79 anos (nove), dos 60 aos 69 anos (seis), dos 50 aos 59 anos (três) e uma tinha entre os 40 e os 49 anos.

O Norte foi a região onde se registou um maior número de novos casos (18.103), seguindo-se Lisboa e Vale do Tejo (13.981), Centro (9.198), Algarve (2.200) e Alentejo (1.952). O maior número de novos casos diagnosticados situa-se no grupo etário entre os 40 e os 49 anos (8.398), seguido dos 30 aos 39 anos (7.990), dos 10 aos 19 anos (7.984), dos 20 e 29 anos (6.777), até aos 09 anos (6.121), entre os 50 aos 59 anos (4.197), entre os 60 e os 69 anos (2.668), entre os 70 e 79 anos (1.790) e dos idosos com mais de 80 anos (1.323).

Segundo o boletim da DGS, estão em isolamento 1.303.140 pessoas, das quais 642.793 são casos ativos (mais 680) e 660.347 contactos sob vigilância (mais 7.285).

Incidência da covid-19 aumentou, mas nível da transmissibilidade diminuiu

A incidência está agora nos 7163,7 casos de infeção por 100 mil habitantes a nível nacional e 7207 casos de infeção a nível continental. Na última atualização da DGS, na quarta-feira, a incidência era de 7.081,7 casos a nível nacional e de 7.111,8 casos no continente.

O nível de transmissibilidade - que diz respeito ao número de casos secundários de infeção resultantes de cada pessoa portadora do vírus - diminuiu, sendo agora de 1,05 a nível nacional e 1,05 a nível continental. Na última atualização era de 1,09 a nível nacional e de 1,10 no continente.

Corvo, na região Autónoma dos Açores, é o único concelho português que esta semana está abaixo do nível máximo de incidência de contágios pela covid-19. O município açoriano apresenta uma incidência cumulativa de 638 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias e permanece abaixo do patamar de 960 ou mais contágios por 100 mil habitantes em que se encontram os restantes 307 concelhos, de acordo com o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Os concelhos com incidência mais alta incluem Braga (11.163), Nordeste (10.915), São João da Madeira (10.743) Ribeira Grande (10.697) e Oliveira de Azeméis (10.394).

Boletim DGS on Scribd

 

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados