Coreia do Sul em alerta após detetar grande mobilização de aeronaves norte-coreanas

Agência Lusa , AM
4 nov, 09:44
Militares da Coreia do Sul

Cerca de 240 aviões que participam nos exercícios conjuntos com os Estados Unidos foram ativados, em sintonia com uma "postura vigilante" face à possível ameaça

O exército sul-coreano mobilizou esta sexta-feira 80 aviões depois de identificar um grande destacamento de aeronaves da Coreia do Norte, que tem lançado mísseis para responder a manobras militares de Seul e Washington.

A prontidão militar surge na sequência da deteção de cerca de 180 aviões militares mobilizados no espaço aéreo norte-coreano, disse o Ministério da Defesa da Coreia do Sul em comunicado.

"A Força Aérea da República da Coreia [nome oficial do Sul] mobilizou rapidamente os seus recursos (...), incluindo 80 unidades de F-35A", explica-se na mesma nota, acrescentando que cerca de 240 aviões que participam nos exercícios conjuntos com os Estados Unidos foram ativados, em sintonia com uma "postura vigilante" face à possível ameaça.

A Coreia do Norte lançou mais de 20 mísseis nos últimos dois dias em resposta aos exercícios militares dos Estados Unidos e da Coreia do Sul que começaram na segunda-feira.

Os testes balísticos efetuados na quarta-feira incluíram pelo menos 23 mísseis, bem com cerca de 100 projéteis de artilharia que foram disparados numa zona de amortecimento marítima oriental.

O ministro da Defesa japonês, Yasukazu Hamada, disse que pelo menos dois mísseis balísticos mostraram uma trajetória possivelmente “irregular”.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados