Nove pescadores desaparecidos em naufrágio ao largo da Coreia do Sul

Agência Lusa , CF
5 fev 2023, 08:17
Yoon Suk-yeol (AP Photo)

Sete dos desaparecidos são sul-coreanos e os outros dois estrangeiros, mas as nacionalidades ainda não foram divulgadas

Navios e aviões da guarda costeira da Coreia do Sul procuravam este domingo, nas águas ao largo da costa sudoeste do país, nove pescadores desaparecidos depois da sua embarcação ter naufragado.

A guarda costeira da cidade portuária de Mokpo (sudoeste) indicou que três membros da tripulação foram resgatados por um navio comercial, na sequência do acidente, no final do sábado, em águas perto da ilha de Daebichi.

Os sobreviventes disseram que a casa das máquinas da embarcação se tinha enchido rapidamente de água antes da embarcação de 24 toneladas se virar, de acordo com a guarda costeira.

As autoridades sul-coreanas desconhecem se os nove tripulantes desaparecidos poderão estar no interior da embarcação.

O Ministério do Interior e da Segurança sul-coreana disse que sete dos desaparecidos eram sul-coreanos e os outros dois eram estrangeiros, mas não divulgou ainda as nacionalidades.

Mais de 30 embarcações da guarda costeira e pelo menos oito aviões militares e da guarda costeira estavam nas buscas, na zona, esta tarde.

O Presidente sul-coreano, Yoon Suk-yeol, pediu aos responsáveis para mobilizarem "todos os recursos disponíveis" para alargar as buscas e também para dar apoio às famílias dos pescadores desaparecidos, de acordo com uma nota do gabinete.

Ásia

Mais Ásia

Mais Lidas

Patrocinados