Coreia do Norte vai instalar novo lançador múltiplo de foguetes

Agência Lusa , MJC
11 mai, 08:58
Kim Jong-Un (AP)

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, supervisionou um teste do sistema de foguetes que será “instalado em unidades do Exército Popular da Coreia até 2026

A Coreia do Norte vai equipar o exército com um novo lançador múltiplo de foguetes, a partir deste ano, informou hoje a agência de notícias estatal norte-coreana, acrescentando estar em curso outra “grande mudança” nas capacidades de artilharia. Este sistema será “instalado em unidades do Exército Popular da Coreia (...) entre 2024 e 2026”, disse a KCNA.

Na sexta-feira, o líder norte-coreano, Kim Jong-un, supervisionou um teste do sistema de foguetes, submetido a uma “atualização técnica” depois de um primeiro teste no final de abril.

Kim disse querer “levar a produção desta nova arma ao mais alto nível” e anunciou também “uma importante mudança” para “reforçar a capacidade de combate da artilharia do país”, sem dar mais pormenores, indicou a KCNA.

Por seu lado, Pyongyang afirmou que oito projéteis “atingiram o alvo”, ilustrando “o poder destrutivo do sistema atualizado de lançadores múltiplos de foguetes de 240 mm”. O Ministério da Defesa sul-coreano disse à agência de notícias France-Presse não estar em condições de confirmar os testes norte-coreanos.

Em fevereiro, o regime afirmou ter desenvolvido um novo dispositivo de controlo para os lançadores múltiplos de foguetes de 240 mm.

O anúncio destes últimos exercícios surgiu quando observadores disseram suspeitar que Pyongyang está a testar novas armas e a aumentar a produção de artilharia e mísseis de cruzeiro antes de os enviar para a Rússia para a guerra na Ucrânia.

A Coreia do Sul e os Estados Unidos acusaram a Coreia do Norte de fornecer armas a Moscovo, apesar das sanções da ONU que a proíbem de o fazer.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados