Um dia depois de confirmar o primeiro caso, Coreia do Norte regista uma morte e 350 mil pessoas com sintomas de febre

12 mai, 22:30
Kim Jong-un (KRT via AP)

Meios de comunicação estatais relatam também cinco mortes resultantes da febre de origem desconhecida

Até esta quarta-feira, a Coreia do Norte não tinha registado qualquer caso de covid-19. Um dia volvido, contabiliza uma morte derivada da doença e cerca de 350 mil pessoas com sintomas de uma febre de origem desconhecida.

A informação foi avançada pela agência estatal norte-coreana KCNA, citada pela Reuters. Os órgãos de comunicação oficiais do país salientam também que há mais cinco mortes de pessoas que contraíram a infeção misteriosa.

De acordo com a KCNA, das 350 mil pessoas com sintomas, 162.200 já foram tratadas. Em isolamento estarão cerca de 187 mil pessoas.

Segundo as fontes oficiais, esta febre de origem desconhecida terá começado a circular no país no final de abril.

Quanto aos casos de covid-19, a agência de notícias sul-coreana Yonhap, também citando os media locais, afirma que há 18 mil infeções confirmadas.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados