Coreia do Norte envia mais 600 balões com lixo para a Coreia do Sul

Agência Lusa , MJC
2 jun, 10:37
Balões com lixos, vindos do Norte, caem na Coreia do Sul (AP)

Já na quarta-feira, os meios de comunicação social tinham revelado o lançamento pela Coreia do Norte de balões cheios de lixo, papel higiénico e fezes de animais para o vizinho do Sul

A Coreia do Norte enviou para o outro lado da fronteira cerca de 600 balões com lixo, incluindo beatas de cigarros e plásticos, declarou hoje o exército sul-coreano.

“A Coreia do Norte voltou a lançar balões cheios de lixo em direção à Coreia do Sul”, declarou o Estado-Maior das Forças Armadas em comunicado. “Foram identificados cerca de 600 balões, com 20 a 50 balões por hora a deslocarem-se no ar”, acrescentou.

As autoridades sul-coreanas ameaçaram na sexta-feira adotar medidas contra a Coreia do Norte, caso o país vizinho continue com as “provocações irracionais”, como o envio destes balões com lixo. “Estamos a levar isto muito a sério, não vamos tolerar esse tipo de ações”, garantiu em comunicado o o Ministério da Reunificação sul-coreano.

Na quarta-feira, os meios de comunicação social tinham revelado o lançamento pela Coreia do Norte de balões cheios de lixo, papel higiénico e fezes de animais para o vizinho do Sul.

Desde que a Guerra da Coreia (1950-1953) terminou num armistício e não num tratado de paz, o Norte e o Sul permanecem tecnicamente em guerra e estão separados por uma fronteira fortemente fortificada, incluindo a zona desmilitarizada. Ativistas sul-coreanos lançam por vezes balões que contêm folhetos de propaganda contra o poder norte-coreano e dinheiro destinado às pessoas que vivem a norte da fronteira.

Estes lançamentos há muito que despertam irritação em Pyongyang, possivelmente por temer que um influxo de informação externa, numa sociedade fortemente controlada, possa representar uma ameaça para aqueles que estão no poder.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados