Portugal tem 3,1 milhões de animais de companhia registados

Agência Lusa , DCT
18 nov, 17:32
Cão (Pexels)

Os animais mais esterilizados foram gatas (10.840) e gatos (6.560), seguindo-se as cadelas (6.511) e os cães (5.079)

Portugal tem atualmente 3,1 milhões de animais de companhia registados e desde 2021 foram inscritos mais 800 mil, num universo que recebe este ano cerca de 12 milhões de euros de apoios estatais, foi esta sexta-feira divulgado.

Estes números foram revelados hoje por ocasião da 2.ª Conferência de Bem-Estar Animal, organizada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e que decorreu no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

Segundo aquele organismo do Estado, em 2022 os apoios para o bem-estar animal aumentaram para 12 milhões de euros, enquanto em 2021 rondaram os oito milhões, que permitiram a criação de 47 novos Centros de recolha, a par da modernização e ampliação de 24 instalações já existentes.

Os dados hoje divulgados numa nota enviada à agência Lusa, dão conta de que só no ano passado foram registados no Sistema de Informação de Animais de Companhia (SIAC) cerca de 800 mil, tendo o número de esterilizações no último ano aumentado 64,12%, para 28.990 animais.

Os animais mais esterilizados foram gatas (10.840) e gatos (6.560), seguindo-se as cadelas (6.511) e os cães (5.079).

A informação enviada refere que os 800 mil animais de companhia inscritos no SIAC “é um dos indicadores mais claros da necessidade de evolução social e legislativa em matéria de bem-estar animal, para reforçar a resposta aos problemas que ainda subsistem neste domínio”.

De acordo com a mesma nota, durante a 2.ª conferência hoje realizada no Porto foram abordadas algumas das medidas que têm sido colocadas em prática em áreas como a garantia de proteção dos animais de companhia ou os planos de controlo de alojamento de animais de companhia, sendo que para dar corpo a estas estratégias, “os apoios estatais disponibilizados em 2022 podem ascender até aos 12 milhões de euros”.

O ICNF adianta que a análise aos apoios referentes a 2021 permitiu concluir que dos 10,7 milhões de euros de verbas disponibilizadas para projetos de bem-estar animal foram atribuídos cerca de 8,1 milhões.

Os dados provisórios de 2022, também divulgados na conferência, indicam que, desde a formação do Departamento de Bem-Estar de Animais de Companhia, em 2021, foram realizadas pelo ICNF 522 vistorias a alojamentos animais já existentes e emitidos 304 registos para criação de novos espaços.

Neste período deram entrada no ICNF 291 denúncias, maioritariamente relacionadas com omissão de cuidados no alojamento.

País

Mais País

Patrocinados