Conselho de Segurança da ONU aprova projeto que visa combater pirataria no Golfo da Guiné

Agência Lusa , FMC
31 mai, 21:07
Conselho de Segurança ONU (Anadolu Agency/ Getty)

O projeto proposto pelo Gana e pela Noruega foi adotado de forma unânime

O Conselho de Segurança das Nações Unidas aprovou esta terça-feira um projeto de resolução sobre pirataria e assaltos à mão armada no Golfo da Guiné, que visa aumentar a segurança e salvaguardar o potencial económico dos países da região.

Com 15 votos a favor, o projeto de resolução, apresentando pelo Gana e pela Noruega, foi adotado de forma unânime.

De acordo com a embaixadora norueguesa junto da Organização das Nações Unidas (ONU), Mona Juul, "milhares de embarcações cruzam o Golfo de Guiné todos os dias e é necessário garantir a sua segurança".

De acordo com um estudo recente da ONU, citado pela diplomata, ataques de piratas no Golfo da Guiné custam dois mil milhões de dólares (1,86 mil milhões de euros) por ano.

Relacionados

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados