Conselho de Fiscalização das secretas pediu informação sobre atuação do SIS na recuperação do computador do ex-adjunto de Galamba

Agência Lusa , BC - notícia atualizada às 09:15
2 mai 2023, 08:53

Em nota divulgada esta terça-feira, o Conselho de Fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa esclarece que agiu "de imediato e por sua própria iniciativa" para obter esclarecimentos do SIS

O Conselho de Fiscalização do Sistema de Informações da República Portuguesa (SIRP) esclareceu esta terça-feira que por sua própria iniciativa pediu informações sobre a intervenção do Sistema de Informações e Segurança (SIS) no caso da recuperação do computador atribuído a um ex-adjunto governamental com informação classificada. 

Numa nota divulgada esta terça-feira, o Conselho de Fiscalização do SIRP esclarece que, na sequência das notícias vindas a público no passado dia 18 relativas ao envolvimento do SIS na recuperação de um computador portátil do Estado, “de imediato e por sua própria iniciativa, diligenciou no sentido da obtenção da informação necessária ao cumprimento da sua missão de fiscalização”.

O portátil em causa esteve atribuído a Frederico Pinheiro, ex-adjunto do ministro João Galamba, que foi demitido na sequência da polémica sobre a entrega de documentos à comissão parlamentar de inquérito sobre a TAP.

Na nota hoje divulgada, o Conselho de Fiscalização do SIRP informa ainda que a sua atividade é, “por força da lei, classificada e reservada”.

Notícia corrigida pela Agência Lusa para esclarecer que o SIRP pediu informações sobre atuação do SIS

Relacionados

Governo

Mais Governo

Patrocinados