Ivo Vieira: «Primeira mão mostrou que o Gil pode ultrapassar o Riga»

10 ago, 14:00
Liga Conferência: Ivo Vieira no Riga-Gil Vicente

Treinador dos galos confiante no apuramento para o play-off da Liga Conferência

Depois do empate a uma bola na Letónia, o Gil Vicente tem de vencer na receção ao Riga, na quinta-feira, para garantir o acesso ao play-off da Liga Conferência. 

O treinador dos gilistas, Ivo Vieira, acredita que o conjunto de Barcelos pode «ganhar o jogo», até porque agora já sabe mais sobre o adversário.

«Temos de ser muito práticos e objetivos, muito concentrados no que é o jogo, sem colocar muita pressão nos atletas, que têm que desfrutar do momento e serem felizes», disse na conferência de imprensa de antevisão da partida com os letões.

«O jogo da primeira mão mostrou que a equipa tem capacidade para ultrapassar o adversário, que nos merece muito respeito e que também tem valia, com jogadores de qualidade na frente que podem desequilibrar e, em transição, é uma equipa fortíssima», observou.

Se o Riga leva já mais de duas dezenas de jogos, o Gil Vicente ainda só disputou dois encontros oficiais nesta época, mas Ivo Vieira gostou da resposta física. Ainda assim, quer ver a equipa «mais consistente durante os 90 minutos».

«Esse é o nosso grande objetivo, que a equipa possa assumir e controlar o jogo desde o início. Não o fez nestes dois jogos, mas fez duas boas segundas partes. Já falei com eles sobre isso, é um trabalho mental, além de físico e tático», afirmou.

O técnico madeirense vincou que este «é um momento histórico para o Gil Vicente e para os jogadores que representam a instituição».

«Eles querem dar esse momento de felicidade aos nossos adeptos, que são a razão da existência do clube, é para eles que jogamos e trabalhamos. Eles podem ajudar-nos muito frente ao Riga, como no último jogo. Com dedicação, inteligência e compromisso, vamos atingir esse objetivo», frisou.

«É gratificante e aliciante para treinadores e jogadores jogar ao fim de semana e, depois, a meio da semana, é isso que procuramos, queremos estar em patamares de excelência e fazer jogos europeus e internacionais. Não me preocupa a quantidade de jogos, isso seria até sinal que o Gil Vicente seguia em frente e tinha uma oportunidade de valorizar os jogadores», concluiu.

O encontro entre Riga e Gil Vicente está marcado para as 20h00 desta quinta-feira, em Barcelos. O árbitro será o ucraniano Mykola Balakin.

Relacionados

Patrocinados