Bruxelas prevê taxa de desemprego em Portugal de 6,5% em 2024

Agência Lusa , AM
15 mai, 11:06
Comissão Europeia

Executivo comunitário acredita que o desemprego irá diminuir ligeiramente nos próximos meses, uma vez que a criação de emprego deverá absorver gradualmente o aumento da oferta de trabalho

A Comissão Europeia prevê que a taxa de desemprego em Portugal se mantenha em 6,5% este ano, num contexto de crescimento tanto da oferta de trabalho como do emprego, foi divulgado esta quarta-feira.

Nas previsões económicas de primavera, publicadas esta quarta-feira, o executivo comunitário mantém, face às previsões de outono, a taxa de desemprego de 6,5% em 2024 e 6,4% em 2025, o que compara com a taxa de 6,7% e de 6,5%, respetivamente, projetada pelo Governo português no Programa de Estabilidade.

Bruxelas assinala, na análise à economia portuguesa, que “a taxa de desemprego aumentou de 6,2% em 2022 para 6,5% em 2023, num contexto de forte crescimento tanto da oferta de trabalho como do emprego”.

Recordando que, de acordo com o inquérito às forças de trabalho, o crescimento do emprego permaneceu robusto também nos primeiros meses de 2024, mas o desemprego aumentou ligeiramente juntamente com o aumento da oferta de trabalho.

“Os dados mostram um aumento substancial da população em idade ativa no início de 2024, o que é explicado pelos fluxos migratórios positivos”, refere.

O executivo comunitário acredita que o desemprego irá diminuir ligeiramente nos próximos meses, uma vez que a criação de emprego deverá absorver gradualmente o aumento da oferta de trabalho.

Destaca ainda que, uma vez que alguns setores da economia continuam a registar “condições de contratação restritivas”, os salários deverão crescer ligeiramente mais rápido do que a inflação, apoiados também por margens de lucro sólidas no setor corporativo.

Economia

Mais Economia

Patrocinados