Dois estrangeiros apanhados no aeroporto de Lisboa com quase 18.000 doses de cocaína no organismo

Agência Lusa , MGR
17 mai, 16:56
Aeroporto

Portugal é considerado uma das plataformas de entrada na Europa da cocaína vinda da América do Sul, nomeadamente do Brasil, por onde passa vinda de países produtores como a Colômbia, Peru e Equador

A Polícia Judiciária (PJ) deteve no aeroporto de Lisboa dois cidadãos estrangeiros com cerca de 17.500 doses individuais de cocaína, droga que era transportada no organismo, informou esta sexta-feira a polícia.

Segundo adianta a PJ em comunicado, os passageiros detidos, de 24 e 31 anos, são oriundos de um país da América do Sul.

A PJ indica que as detenções ocorreram no âmbito de investigações que visam grupos criminosos organizados que se dedicam à introdução de estupefacientes em território nacional, por via aérea.

Portugal é considerado uma das plataformas de entrada na Europa da cocaína vinda da América do Sul, nomeadamente do Brasil, por onde passa vinda de países produtores como a Colômbia, Peru e Equador.

Os detidos foram submetidos a primeiro interrogatório judicial, tendo-lhes sido aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados